Início do conteúdo
Notícias Espetáculo ‘Maternar’, da Cia. Quatro Quartos, chega à Funarte MG

Funarte Notícias

Publicado em 31 de outubro de 2019

Espetáculo ‘Maternar’, da Cia. Quatro Quartos, chega à Funarte MG

A montagem aborda temas sobre a maternidade, a fertilidade e o papel da mulher na sociedade

Espetáculo ‘Maternar’, da Cia. Quatro Quartos, chega à Funarte MG Montagem ‘Maternar’ – Foto: Henrique Selva Manara

De 1º a 3 de novembro, de sexta-feira a domingo, a Cia. Quatro Quartos apresenta o espetáculo Maternar, na Funarte MG, no Centro de Belo Horizonte. A peça é um trabalho coletivo da companhia de teatro com a atriz Amanda Coimbra, a protagonista da trama. A ideia da criação da montagem surgiu a partir de uma experiência pessoal da artista. Maternar aborda questões sobre a maternidade, a fertilidade e o papel da mulher na sociedade. Os ingressos são a preços populares de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada).

O espetáculo Maternar discorre sobre o universo da maternidade e seus desdobramentos, apresentando relatos, vídeos e fotos pessoais de Amanda. A protagonista ficou grávida (inesperadamente) no começo de 2018 e se viu diante dos desafios dessa nova condição ao se tornar mãe da pequena Elis. A gravidez, o parto, o período pós-parto, as cartas simbólicas da atriz, os vídeos, as entrevistas e as canções são apresentados na montagem.

Espetáculo ‘Maternar’ – Foto: Henrique Selva Manara

A peça fala sobre a ancestralidade, a conexão com o poder feminino, a invisibilidade da mulher-mãe, a visão social sobre essa mulher, a opressão, os julgamentos, o patriarcado, o machismo, a maternidade real e, consequentemente, as dores e as alegrias inerentes a todas as mães. O espetáculo busca, através da fala dessa mãe, impactar o público, mas de uma maneira sensível, sincera e com uma visão crítica da realidade.  Segundo a Cia., a montagem tem um caráter documental mesclado com cenas performáticas, poéticas, descritivas, críticas, irônicas e cômicas.

A trilha sonora também é um diferencial na peça. Algumas atrizes acumulam as funções de cantoras e compositoras, o que ajuda na concepção das paisagens sonoras. Em alguns momentos, a cena se apresenta como um apelo autobiográfico, através de um relato ou de uma visão pessoal de Amanda, como protagonista. Já em outros momentos, a cena aborda uma visão macro e sociopolítica. A montagem tem a colaboração de todas as atrizes do elenco que trazem suas composições, textos e ideias para a trama.

‘Maternar’ – Foto: Matheus Gepeto

A atriz Amanda Coimbra explica o turbilhão de emoções que foi viver o momento. “Às 4h16, do dia 28 de setembro de 2018, Elis nasceu e a maternidade chegou me encarando de frente. Elis trouxe, desde antes de nascer, uma vivência repleta de surpresas, dores, frustrações, laços e afetos. O Maternar me revelou um novo universo, um novo olhar sobre o meu mundo e a sociedade. Modificou o meu sentir, o meu pensar, o meu agir. A maternidade real é um desafio diário, transformador, constante e muito mais intenso do que se ouve, do que se diz. Maternar é se colocar pra jogo, na linha de frente da luta e do afeto.”, ressalta a protagonista.

Serviço:

Montagem Maternar, da Cia. Quatro Quartos

Temporada: De 1º a 3 de novembro

Dias e horários: sexta-feira e sábado, às 20h, e domingo, às 19h

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada) / Pagamento somente em dinheiro

Ficha Técnica:

Concepção: Amanda Coimbra
Dramaturgia: Amanda Coimbra e Malu Falabella
Direção geral: Malu Falabella
Elenco: Amanda Coimbra, Lígea Lana, Luísa de Paula, Bárbara Batitucci e Giovana Miranda
Direção de movimento: Gabriela Hedegaard
Direção de arte: Bárbara Batitucci
Iluminação: Yasmine Rodrigues
Cenografia e figurino: Bárbara Batitucci
Direção vocal e musical: Izza
Trilha sonora: Gilmar Iria, Henrique Vilela e Izza
Fotografia: Lorena Zschaber
Audiovisual: Clarissa Alcantara, Henrique Manara, Henrique Vilela e Lucas Barreto
Arte gráfica: Raposa Lopes
Realização: Cia. Quatro Quartos

Funarte MG
Rua Januária, 68 – Centro – Belo Horizonte (MG)
Telefone: (31) 3213-3084