Início do conteúdo
Notícias Ocupação ‘Encruzilhadas Vissungueiras’ chega à Funarte SP

Funarte Notícias

Publicado em 12 de setembro de 2019

Ocupação ‘Encruzilhadas Vissungueiras’ chega à Funarte SP

Coletivo Ponte Elemento Per dialoga com tradições culturais de origem africana

Ocupação ‘Encruzilhadas Vissungueiras’ chega à Funarte SP Ocupação ‘Encruzilhadas Vissungueiras’. Foto: Felipe Stucchi

De 13 de setembro a 6 de outubro, o grupo Ponte Elemento Per ocupa a Sala Carlos Miranda do Complexo Cultural Funarte SP. A programação conta com 5 espetáculos distintos, mas tendo em comum a abordagem da cultura afro-brasileira ou afro-americana. As apresentações acontecem às sextas e sábados, 20h, e domingos, 19h.

 

Na primeira semana, a ocupação traz a ‘palestra-performance’ A Grande Encruzilhada: Brasil +EUA (De antigos cantos novos poemas). Fruto de uma residência artística realizada em julho por parte da equipe da Plataforma Garimpar em Minas Negras Cantos de Diamante, o encontro tem elementos de conversa e também de espetáculo. Os artistas visitaram 4 cidades históricas do sul dos Estados Unidos, recolhendo daí o material para a conversa. O ponto de partida serão imagens e impressões sobre os encontros humanos e artísticos, entre as tradições musicais brasileira e estadunidense de matriz africana.

 

Em seguida, de 20 a 22 de setembro, entra uma programação musical, com a participação de artistas convidados. Dia 20, o grupo Bate Canela vai ao palco mostrar os resultados de sua pesquisa em torno dos vissungos – cantos de origem centro-africana que ocorrem no interior de Minas Gerais desde o século XVIII. Graciela Soares (voz), Marcelo Araújo (baixo e voz) e Adriel Job (percussão e voz) propõem arranjos contemporâneos para o álbum O Canto dos Escravos, considerado um clássico.

Dia 21, sexta, é a vez da cantora e compositora angolana Jéssica Areias. Acompanhada de Gustavo Marques (violão) e Cauê Silva (percussão), ela apresenta clássicos da música popular angolana.

Luciano Mendes de Jesus e a equipe artística da plataforma Garimpar em Minas Negros Cantos de Diamante realizam a Cantoria Vissungueira no dia 22 de setembro. Todos que queiram experimentar as sonoridades dos vissungos em suas próprias vozes são convidados a participar. Depois de cada apresentação musical, haverá um bate-papo entre o público e os artistas. A classificação etária é de 14 anos e a duração das apresentações é de 80 minutos.

 

Encerra a programação, de 27 de setembro a 6 de outubro, uma temporada de Episódio III: Banzo e os Filhos dos Antigos.  No espetáculo, diferentes histórias se entrecruzam, tendo como base comum a procura das raízes africanas ou uma saudade difusa das origens, de uma África que não se conheceu e que já não existe mais. Personagens de um universo fantástico e poético caminham e empreendem suas buscas, encontrando-se em ‘encruzilhadas de uma grande memória de si e do mundo’.

 

 

 

Sala Carlos Miranda – Complexo Cultural Funarte SP

(Alameda Nothmann, 1058, Campos Elíseos)

 

Ocupação:  Encruzilhadas Vissungueiras

De 13 de setembro a 6 de outubro. Sextas e sábados, às 20h, e domingos, às 19h

Ingressos: R$ 40 (meia-entrada: R$ 20) – Cartões não são aceitos

A bilheteria abre uma hora antes do espetáculo.

 

Ficha técnica A Grande Encruzilhada: Brasil +EUA (De antigos contos novos poemas):

Elenco: Inessa Silva, Jean Rocha, Luciano Mendes de Jesus, Rita Teles e Salloma Salomão | Direção: Luciano Mendes de Jesus | Fotos e vídeos: Tony M. Bingham e elenco | Tradução de depoimentos: Eduardo Araújo | Legendas: Teresa Teles | Edição de vídeo: Camila Bronizeski e Luciano Mendes de Jesus

Duração: 80 minutos

Classificação: 14 anos

 

Ficha técnica Episódio III: Banzo e os Filhos dos Antigos

Elenco: Bruna Carmo, Giovanna Monteiro, Hideo Kushiyama, Inessa Silva, Márcio Ribeiro, Prih Roque e Rita Teles | Direção cênico-musical, dramaturgismo e músico de cena: Luciano Mendes de Jesus | Fontes textuais: Conceição Evaristo, Gilberto Freyre, Joaquim Nabuco, Luís Antônio de Oliveira Mendes, atrizes e atores | André Mutton | Figurinos: Patrícia Arendt | Costureira: Maria do Rosário Santos | Máscaras: Felipe Brum e Murilo de Paula | Cenário (cama-de-vento): Lumumba | Operação de luz: Serafim Mariano Asiram | Fotografia: Bea Costa | Filmagem: Caroline Ferreira | Design gráfico: Giovanna Gim | Produção geral: Ponte Elemento Per e Núcleo Coletivo das Artes

Duração: 90 minutos

Classificação: 14 anos

 

 

Mais informações:

(11) 3662-5177

(11) 3822-5671 (bilheteria – abre uma hora antes dos espetáculos)

funartesp@gmail.com