Início do conteúdo
Notícias Funarte e UFRJ apresentam show do grupo de choro Água de Moringa

Funarte Notícias

Publicado em 18 de fevereiro de 2021

Funarte e UFRJ apresentam show do grupo de choro Água de Moringa

Mini espetáculos musicais online integram o projeto Bossa Criativa

Funarte e UFRJ apresentam show do grupo de choro Água de Moringa

Atração, que faz parte da Série Casa do Choro, é dividida em duas partes. A primeira vai ao ar dia 19, sexta-feira. Vídeos ficam disponíveis no site do projeto e no canal Arte de Toda Gente, no Youtube. Iniciativa é fruto de parceria entre a Fundação e a Universidade

A Fundação Nacional de Artes – Funarte e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) apresentam o minishow do grupo de choro Água de Moringa. Considerada histórica, a apresentação, gravada em duas partes, começa a ser exibida no dia 19 de fevereiro, sexta-feira, às 18h. A atração faz parte da Série Casa do Choro, integrante do projeto Bossa Criativa – Arte de Toda Gente, fruto de uma parceria entre a Funarte e a UFRJ, com curadoria da Escola de Música da Universidade. A produção desse show é do Instituto Casa do Choro, localizado também no Rio. A segunda parte vai ao ar dia 26, sexta, no mesmo horário.

Nascido em 1989 na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), o Água de Moringa tem-se destacado por sua versatilidade. Segundo estudiosos, o grupo demonstra a mesma essência dos músicos do Rio de Janeiro do final do século XIX, que criaram uma linguagem diferenciada e uma nova escola, a partir de suas experiências com a produção musical que chegava da Europa. Nesse espírito, o conjunto combina a formação popular e acadêmica de seus integrantes, para interpretar tanto choros de compositores tradicionais – como Ernesto Nazareth, Jacob do Bandolim e Radamés Gnatalli – como arranjos de grandes nomes de outros gêneros da música brasileira, como Caetano Veloso, Guinga e Hermeto Pascoal. Seu primeiro CD, Água de Moringa, saiu em 1994 e, nos anos seguintes, ganhou edições, nos EUA, Japão e em países da Europa. A partir daí, o coletivo passou também a excursionar pelos quatro cantos do mundo.

O Água de Moringa é formado por Rui Alvim (clarinete, clarone, sax soprano e sax alto), Marcílio Lopes (bandolim, violão tenor e bandocello), Jayme Vignoli (cavaquinho). Luiz Flavio Alcofra (violão e viola caipira), Josimar Gomes Carneiro (violão de sete cordas) e André Santos “Boxexa” (percussão e bateria). Ao longo de sua trajetória, o conjunto acompanhou uma infinidade de nomes da música brasileira, como Rildo Hora, Joel Nascimento, Paulo Moura, Altamiro Carrilho, Wilson Moreira, Beth Carvalho, Dona Ivone Lara, Délcio Carvalho e Walter Alfaiate, entre muitos outros.

As apresentações, assim como toda a programação da série, permanecerão disponíveis durante toda a duração do projeto Bossa Criativa. Este integra o Programa Arte de Toda Gente – parceria entre a Funarte e a UFRJ, com curadoria da Escola de Música da universidade.

Um minishow histórico

Quando se aproximava de completar 30 anos, em junho de 2016, o Água de Moringa fez um concerto na Casa do Choro, apresentando o repertório que seria gravado meses depois no sétimo disco do grupo. Como de costume, nessa apresentação, alternou ritmos e influências da nossa música – tais como maxixe, polca, valsa, choro, samba, batuque e seresta; mesclou repertório animado e “de contemplação”, regional e camerístico. São desse show, até então inédito em vídeo, as músicas escolhidas para a mini-apresentação que agora é parte da Série Casa do Choro do Bossa Criativa.

As duas partes do espetáculo serão postadas em duas sextas-feiras seguidas. Para a primeira, foram selecionadas três composições de um integrante do grupo, o cavaquinista Jayme Vignoli: Soprado e Batucado, ambas gravadas no CD Água de Moringa 30, e o lundu Xisto, Bahiano e companhia, ainda inédito em gravações comerciais e que teve sua estreia justamente naquela ocasião.

Na segunda parte, disponível a partir do dia 26, o grupo apresenta o choro lento Saudades do Rio Vouga (Paulo Aragão), Água corrente (Pedro Paes) e ainda um clássico do choro, Migalhas de amor (Jacob do Bandolim), em arranjo escrito por Marcílio Lopes.

A série

O instituto Casa do Choro é considerado uma referência nacional no estilo. Lançada em janeiro, a Série Casa do Choro do Bossa Criativa é composta por 50 vídeo-oficinas e quatro shows gratuitos, que abordam história, análise, prática e performance de chorões – tratando desse gênero musical desde seu surgimento, no século XIX, até os dias atuais. Os vídeos estão divididos em quatro módulos: Princípios do Choro, 8 com Maurício Carrilho, Furiosa Portátil e Minishows. Eles serão postados de forma seriada durante todo o primeiro semestre de 2021 e poderão ser acessados através do site www.bossacriativa.art.br e, também, pelo canal Arte de Toda Gente, no Youtube (acesse aqui).

O Bossa Criativa

O projeto Bossa Criativa – Arte de Toda Gente reúne apresentações e oficinas de diversas linguagens artísticas, em várias formas de expressão da economia criativa. O foco é a democratização da cultura, bem como a diversidade e a difusão de todas as artes, de modo inclusivo. A programação é composta de shows curtos, performances e atividades de capacitação, em vídeos, exibidos no site do projeto, com participação de artistas de todo o Brasil. A agenda inclui o lançamento de um edital para novas propostas artísticas e culturais; e também um chamamento público, para apresentação de trabalhos de mestrado na área das artes.

O Programa Arte de Toda Gente reúne outros projetos. Mais informações sobre esta e as outras ações no canal do Youtube Arte de Toda Gente, aqui.

Minishow do grupo Água de Moringa

Série Casa do Choro
Projeto Bossa Criativa – Arte de Toda Gente

Dias 19 e 26 de fevereiro de 2021, às 18h, no site do projeto e, também, no canal Arte de Toda Gente, no Youtube (www.youtube.com/artedetodagente).

As apresentações, assim como todos os demais programas da série, permanecerão disponíveis durante toda a duração do projeto.

Realização

Fundação Nacional de Artes – Funarte
Secretaria Especial da Cultura | Ministério do Turismo

Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Curadoria
Escola de Música da UFRJ

Atividades e mais informações disponíveis no site www.bossacriativa.art.br.

Informações sobre esse e outros projetos e ações da Funarte www.funarte.gov.br

Texto: Henrique Koifman
Assessoria do Projeto Arte de Toda Gente

Edição: Marcelo Mavignier
Funarte