Início do conteúdo
Notícias Funarte e Embaixada da Hungria planejam cooperação

Funarte Notícias

Publicado em 27 de fevereiro de 2020

Funarte e Embaixada da Hungria planejam cooperação

Representação diplomática recebeu a Presidência da entidade para conversações sobre cooperação técnico-artística

Funarte e Embaixada da Hungria planejam cooperação O violinista e Prof., Dr. Zoltán Paulinyi; o presidente da Funarte, Dante Mantovani; e o conselheiro da Embaixada da Hungria, Gyula Misi

O presidente da Fundação Nacional de Artes – Funarte, Dante Mantovani, foi recebido na Embaixada da Hungria no Brasil, na Capital Federal, por Gyula Misi, conselheiro para assuntos culturais, políticos e consulares da representação diplomática. A reunião ocorreu no dia 19 de fevereiro.

A embaixada e a Fundação iniciaram diálogo sobre o início de uma cooperação técnico-artística bilateral entre o Brasil e a Hungria, com o objetivo de fortalecer o o Sistema Nacional de Orquestras Sociais e o Programa Nacional de Apoio à Ópera e o Projeto Um Novo Olhar (direcionado a pessoas com deficiência), entre outros, criados pela Funarte nesta gestão. A ideia inicial é que professores da Hungria venham ministrar aulas nos programas da Funarte e que a Fundação possa enviar espetáculos artísticos brasileiros para a Hungria.

Dante Mantovani considera que essa colaboração será muito produtiva. “A Hungria é um dos países com maior tradição e expertise em educação musical , excelência artística e produção operística. Terra de grandes artistas – como Franz Liszt, Zoltán Kodály –, e com um Primeiro-ministro, Viktor Orban – totalmente alinhado com o Presidente da República, Jair Bolsonaro, a Hungria tem muito a colaborar para o crescimento artístico e cultural do Brasil”, afirmou o dirigente da Funarte.