Início do conteúdo
Notícias Obituário: Vania Toledo, fotógrafa

Funarte Notícias

Publicado em 25 de julho de 2020

Obituário: Vania Toledo, fotógrafa

A artista é reconhecida como uma das principais retratistas do país

Obituário: Vania Toledo, fotógrafa Vania Toledo. Imagem: rede social da fotógrafa

A Fundação Nacional de Artes – Funarte lamenta, com grande pesar, o falecimento da fotógrafa Vania Toledo, ocorrido nesta quinta-feira, dia 16 de julho. Vania foi uma das principais retratistas brasileiras, conceituada internacionalmente.
Segundo sua irmã, Maria Goretti, a artista morreu devido a complicações causadas por uma infecção generalizada, com vários sintomas, no hospital Santa Casa da Misericórdia, em São Paulo, onde estava internada há dois dias. Aos 75 anos, ela deixa um filho, também fotógrafo, Juliano.
Vania Toledo tinha grande sensibilidade artística e era uma especialista em retratar mulheres principalmente atrizes. Ficou famosa por fotos de Fernanda Montenegro, Glória Pires, Vera Fischer e Marília Pera, entre outras.
A fotógrafa nasceu em Minas Gerais, no município de Paracatu, em 1945. Em 1961 mudou-se para São Paulo, para estudar Ciências Sociais na USP. Assinou trabalhos em diversos veículos de comunicação no Brasil e no exterior, como VEJA, Vogue, Interview, Claudia e Time e Life. Também produziu capas de livros e discos e calendários.
Destacou-se como retratista a partir da publicação do livro Homens (1980), com imagens ousadas e bem-humoradas de nus masculinos, como Caetano Veloso e Ney Matogrosso. Em 1992, foi a vez da obra Personagens Femininos, interpretação fotográfica das fantasias de 54 conhecidas atrizes – pela qual foi premiada e ganhou exposição.
A Funarte expressa toda solidariedade aos familiares, amigos e fãs de Vania Toledo.