Início do conteúdo
Notícias Funarte preserva impressos sobre o artista Clóvis Irigaray

Funarte Notícias

Publicado em 7 de maio de 2021

Funarte preserva impressos sobre o artista Clóvis Irigaray

Parte da memória do trabalho do matogrossense está em um dos dossiês sob a guarda do Cedoc

Funarte preserva impressos sobre o artista Clóvis Irigaray Foto retirada de impresso do Dossiê Clóvis Irigaray. Per A.V./ Irigaray, Clóvis. Acervo Funarte/Centro de Documentação e Informação (Cedoc)

A Fundação Nacional de Artes – Funarte, por meio do seu Centro de Documentação e Pesquisa (Cedoc), preserva, em seu acervo de dossiês de impressos, diversos documentos sobre Clóvis Irigaray, artista plástico matogrossense, falecido no dia 3 de abril, aos 72 anos. A Funarte, lamentando a perda desse nome relevante para as artes visuais brasileiras, divulga esse registro memorial.

Nascido em 1949, em Alto Araguaia (MT), Irigaray iniciou a carreira artística em 1968. Irigaray expôs nos principais eventos de artes visuais no Brasil e, em 2013, foi nomeado Embaixador das Artes pela Academia Francesa de Artes, Letras e Cultura. A partir de 1974, sua obra se dirigiu para a temática indígena – o que demarcou as origens do artista e seu engajamento com essa questão.

“Por meio da constituição dos dossiês, o Cedoc – Funarte contribui para registrar a importância de vários artistas no cenário brasileiro, como é o caso de Clóvis Irigaray”, destaca o Centro.

O público pode ter acesso às referências desse e de outros dossiês no sistema Sophia, do Cedoc, no endereço: http://cedoc.funarte.gov.br/sophia_web.

Dossiês de impressos

Entre os variados serviços de documentação realizados pela Funarte, está a formação de dossiês de impressos e sua disponibilização para o público. As bibliotecárias do Cedoc responsáveis pela atividade coletam na imprensa artigos sobre artistas, espetáculos cênicos e musicais, eventos, exposições, mostras, festivais e demais acontecimentos no campo das artes. Além disso, documentos de divulgação, como programas, panfletos, convites, dentre outros, também são incluídos. Com o material, são formadas pastas temáticas que resultam nos dossiês.

Eles se subdividem nas seguintes categorias: Espetáculo de Teatro Adulto; Espetáculo de Teatro Infantil; Grupo de Artes Cênicas; Evento de Artes Cênicas; Evento de Artes Visuais; Evento de Música; Personalidade de Artes Cênicas; Personalidade de Artes Visuais; e Personalidade de Música.

Mais informações sobre esse ou outros temas relacionados ao acervo da Funarte podem ser obtidas na biblioteca do Cedoc, a Edmundo Moniz, por meio do e-mail: bibli.cedoc@gov.br. Porém, o atendimento presencial do setor está temporariamente suspenso, devido às medidas de combate à pandemia de covid 19.

O Cedoc – Funarte é ligado ao Centro de Programas Integrados da entidade.

 

Com informações do Centro de Documentação e Informação (Cedoc) – Funarte