Prêmio Funarte de Teatro Tônia Carrero: publicada a lista de habilitados e inabilitados | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página InicialTeatroTodas as notíciasPrêmio Funarte de Teatro Tônia Carrero: publicada a lista de habilitados e inabilitados

Prêmio Funarte de Teatro Tônia Carrero: publicada a lista de habilitados e inabilitados

Prazo para recursos termina dia 16. Também foram divulgadas estatísticas de inscrições e análise técnica

Publicado em 14 de agosto de 2018 Imprimir Aumentar fonte

A Fundação Nacional de Artes publicou, no dia 14 de agosto de 2018, a lista de projetos habilitados e inabilitados ao edital do Prêmio Funarte de Teatro Tônia Carrero. Também foi divulgada uma tabela, com número de inscritos por período e estatísticas; e um relatório de análise técnica – elaborados pela Coordenação de Teatro/Ceacen – responsável pelo processo seletivo.

Foram recebidas 163 inscrições para o processo seletivo. Foram habilitados 117 proponentes e inabilitados 46.

Acesse aqui a lista de propostas habilitadas e inabilitadas

Conforme estabelecido no edital, os proponentes não habilitados poderão interpor recurso à Comissão de Habilitação, até dia 16 de agosto, quinta-feira. As solicitações de recursos deverão ser enviadas para o e-mail: premiotoniacarrero@funarte.gov.br.

Sobre o edital

Através do Prêmio Funarte de Teatro Tônia Carrero, serão realizados 32 espetáculos teatrais em bairros do Rio de Janeiro com pouca oferta de atrações artísticas, mais afastados da Zona Sul e do Centro, e no interior do estado. O edital é realizado com apoio da Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro.

O programa vai promover apresentações em 15 espaços, sendo 24 delas em sete arenas (ou areninhas) cariocas; e mais oito, cada uma em um município interiorano. Os bairros do Rio de Janeiro beneficiados pelo programa serão: Bangu, Ilha do Governador, Realengo, Pedra de Guaratiba, Pavuna, Penha e Madureira. Serão premiadas oito propostas, que vão circular por quatro espaços diferentes, sendo um deles fora do Rio.

O edital é direcionado somente para proponentes do Estado do Rio de Janeiro, pois é uma ação originária de emenda parlamentar específica – conforme detalha a análise técnica das inscrições, realizada pela Coordenação de Teatro do Centro de Artes Cênicas da Funarte, responsável pelo edital.

Foram habilitados 71,8% dos inscritos e inabilitados 28,2%, número considerado alto na análise. Esta destaca que 35% do total de candidatos deixaram a inscrição para o último dia.

Descentralização geográfica

O relatório registra também uma “grande descentralização” geográfica nas escolhas de locais pelos proponentes. “Isso demonstra as possibilidades de difusão que a Funarte… pode estabelecer nas suas políticas públicas”, observa o texto, que define ainda quais foram as arenas e areninhas com maior e menor preferência dos proponentes.

Estes indicadores servirão de apoio, da mesma forma, para a Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro no tocante às políticas a serem adotadas por este órgão”, diz o relatório. Ele concluiu, ainda que, através desse programa, em conjunto com a Secretaria de Cultura do Município do Rio de Janeiro, a Funarte poderá, “trabalhar em prol da melhoria das políticas públicas no Estado…”.

Acesse aqui o relatório de estatísticas

Acesse aqui a análise técnica

Acesse aqui a página do edital para mais informações, resultados e documentos