Início do conteúdo
Notícias Molière na Funarte MG: um ‘Tartufo’ dos anos 80

Funarte Notícias

Publicado em 24 de abril de 2019

Molière na Funarte MG: um ‘Tartufo’ dos anos 80

Famosa peça do mestre da comédia crítica é adaptada para o ambiente da década. Haverá ingressos promocionais para estudantes de teatro

Molière na Funarte MG: um ‘Tartufo’ dos anos 80

A Funarte MG, no Centro de Belo Horizonte, recebe a Preqaria Companhia de Teatro, em temporada de a estreia de seu espetáculo Tartufo’s 80, de 26 de abril a 5 de maio. O roteiro é uma adaptação da famosa comédia de crítica social de Molière, escrita no Século 17, O Tartufo, ambientada na década de 1980. Com direção de Ricardo Martins, o espetáculo se apresenta às sextas e sábados às 20h e aos domingos, às 19h. Os ingressos serão vendidos a R$ 30, com meia-entrada a 15 e promoção de R$ 10 para estudantes de teatro.

O personagem Tartufo é capaz de transgredir a ética e as leis, com o único objetivo de obter mais privilégios, cometendo atos como mentir, roubar e fraudar; e faz tudo “em nome de Deus”. A trama original mostra as trapaças de Tartufo, suposto beato que se hospeda na casa dos Orgon, a convite do dono da casa. Suas ações provocam polêmica na família. Mas, ele é dissimulado e há quem o defenda. A versão Tartufo’s 80 versão tem como cenário uma Brasília de quatro décadas atrás. A atmosfera de época fica completa com roupas características, paródias de sucessos musicais e referências a filmes populares.

“Apesar de retratar uma situação que antecedeu a ascensão da burguesia na França dos anos 1600, o texto mantém-se atual, ao denunciar males eternos e ‘universais’, como a corrupção, a hipocrisia religiosa, a exploração da fé e o desvio moral”, resume o grupo, sediado no município mineiro de Sete Lagoas. Para o diretor da montagem, Ricardo Martins, o desafio desse trabalho foi buscar o diálogo entre o texto original de Molière e o ambiente dos anos 80. O elenco tem cinco atores: Izabela Oliveira, João Valadares, Marina Galeri, Piera Rodrigues, Rogério Alves.

Sobre a Preqaria

Em seus 12 anos de trajetória, comemorados em 2018, a Preqaria Companhia de Teatro comenta que nunca se prendeu à linguagem em cada projeto, mas que opta por desenvolver pesquisas diversas, em vários gêneros de artes cênicas. Seu objetivo, e tema central, é a “investigação da precariedade da existência humana. Até hoje, o grupo realizou dez espetáculos e três curta-metragens. Firmou-se na cena mineiro e ganhou nome nacional, tendo participado de eventos importantes no país, entre eles a Mostra Oficial do Festival de Teatro de Curitiba (PR) e o Festival de Cinema de Gramado (RS) – considerados entre os mais importantes em cada uma dessas linguagens. O coletivo foi duas vezes contemplado no Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz, entre outras premiações, e realizou parcerias com artistas de renome internacional. Em 2009, iniciou o que considera seu empreendimento mais importante: a Escola Livre de Teatro, em Sete Lagoas que, com oficinas e cursos de iniciação e formação teatral, e projetos sociais, pelos quais já passaram mais de mil alunos, tem transformado a vida teatral da cidade. Os artistas também realizam a Temporada de Teatro de Sete Lagoas, para unir todas as companhias de teatro da cidade, com participação de grupos de outras partes do país; formar público, por meio de espetáculos gratuitos em diferentes linguagens; e gerar uma rede de produção e divulgação compartilhadas. A Preqaria informa que mais de 1300 artistas mais de 30 mil espectadores se envolveram com essa iniciativa. A Prefeitura Municipal de Sete Lagoas concedeu ao grupo o título de Entidade de Utilidade Pública Municipal.

Em Tartufo’s 80, o grupo se direciona para a farsa, de modo bem debochado, “lidando com elementos universais do ser humano”, numa viagem ao passado.

Tartufo’s 80
Com a Preqaria Cia. de Teatro
De 26 de abril a 5 de maio, de sexta-feira a domingo
Sextas e sábados as 20h; domingos às 19h

Ingressos: R$30. Meia entrada a R$15. Promoção para estudantes de teatro: R$10
Para ingressos abaixo do valor normal, é necessário apresentar documentação específica
Cartões não são aceitos. O pagamento é somente em dinheiro.

Funarte MG
Rua Januária, 68 – Centro – Belo Horizonte (MG)
Clássificação etária: 12 anos
Duração: 1h

Ficha técnica
Texto: Molière
Direção: Ricardo Martins
Atuação: Izabela Oliveira, João Valadares, Marina Galeri, Piera Rodrigues, Rogério Alves.
Figurinos: Steysse Reis. Assistente de Figurino: Isabela Pena. Cenário: Preqaria Cia de Teatro. Cenotecnico: Rogério Alves. Iluminação: Allan Calisto. Assessoria de Imprensa: Glenda Souza e Marcelo Sander. Preparação Vocal: Mestre Sauva. Preparação Musical: Rogério Pardal. Trilha e Paródias Musicais: Preqaria Cia de Teatro. Coreográficas: Julio Gomes. Fotos e Vídeos: Junio Souza. Design Gráfico: Fabiano Lana. Produção: João Valadares. Realização: Preqaria Cia de Teatro

Mais informações
http://www.preqaria.com.br
(31) 98894-4243 e 99906-1446