Início do conteúdo
Notícias Centro Técnico de Artes Cênicas, da Funarte, promove oficinas gratuitas do Programa de Capacitação Artística e Técnica em Artes Cênicas

Funarte Notícias

Publicado em 26 de junho de 2019

Centro Técnico de Artes Cênicas, da Funarte, promove oficinas gratuitas do Programa de Capacitação Artística e Técnica em Artes Cênicas

Oficinas de Iluminação Cênica, de Sonoplastia, Elétrica e de Maquiagem Cênica, de Figurino e de Bonecos, serão realizadas de julho a setembro. Inscrições abertas.

Centro Técnico de Artes Cênicas, da Funarte, promove oficinas gratuitas do Programa de Capacitação Artística e Técnica em Artes Cênicas Oficina de Bonecos /Mamulengo – Foto: Divulgação

A Fundação Nacional de Artes – Funarte, por meio de seu Programa de Capacitação Artística e Técnica em Artes Cênicas, realiza no Centro Técnico de Artes Cênicas – CTAC, no Centro do Rio, seis oficinas gratuitas. São elas: Oficina de Iluminação Cênica, com Jorginho de Carvalho; Oficina de Sonoplastia, com Chiquinho Rota, e Oficina de Maquiagem Cênica, com Mona Magalhães; Oficina de Figurino, com Daniele Geammal; Oficina de Elétrica Cênica, com Marcos Billé, e Oficina de Bonecos (mamulengo), com Sandro Roberto. Os cursos serão ministrados de julho a setembro deste ano.

As inscrições são somente pela internet, até o dia 27 de junho para a Oficina de Sonoplastia, e para as outras cinco, até o dia 1º de julho. As vagas são limitadas. Os cursos têm a duração de 20 horas. Também podem ser realizadas inscrições presenciais no CTAC, no primeiro dia de aula, caso ainda haja vagas disponíveis.

Sobre as oficinas e os ministrantes

Oficina de Iluminação Cênica, com Jorginho de Carvalho

O objetivo do curso é despertar e desenvolver o processo criativo do aluno, que será avaliado em conjunto, experiência, técnica e prática. Exercícios e projetos estão no programa de avaliação e ensino: A ideia básica, Procedimento de pesquisa, Função e forma, e Métodos e processos de trabalho. A oficina tem como objetivo orientar os alunos sobre criação de luz (em consenso com a direção do espetáculo); indicação do equipamento necessário e elaboração do plano geral de iluminação (esquema para instalação e adequação de refletores).

Dias e horários: 5, 12, 19 e 26 de julho, das 14h às 18h / 2 de agosto, das 14h às 18h

Público-alvo: Iluminadores cênicos, alunos de artes cênicas, operadores de luz e interessados.

25 vagas

Jorginho de Carvalho é iluminador e diretor. Iniciou suas atividades artísticas no teatro O Tablado. Hoje, tem um currículo com mais de 500 “desenhos de luz”, realizados nos últimos 50 anos para espetáculos de teatro, ópera, dança, shows, desfiles de moda e exposições, ministra oficinas de iluminação cênica (teatral) por todo o país há mais de 25 anos. É responsável pela criação e execução de diversos projetos de iluminação cênica para teatros e museus no Brasil. E professor das disciplinas de Iluminação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio, desde 1985.

Oficina de Sonoplastia, com Francisco Ítalo Lima dos Santos (Chiquinho Rota)

O objetivo da atividade é despertar, desenvolver o processo criativo e auditivo do aluno, que será avaliado em conjunto, técnica e prática. Exercícios e projetos estão no programa de avaliação e ensino: O entendimento como base, e Procedimento e comprometimento com a oficina. O curso tem como objetivo atender os interessados, profissionais e técnicos que trabalhem nesta área para desenvolver sua capacidade musical, promover a iniciação técnica na área de sonoplastia e a elaboração de fundo musical ou efeito sonoro.

Dias e horários: 1º, 8, 15, 22 e 29 de julho, das 9h às 13h

Público-alvo: Sonoplastas, operadores e técnicos de som, alunos de música e interessados.

25 vagas

Francisco Ítalo Lima dos Santos (Chiquinho Rota) é compositor e regente graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Especializou-se em eletroacústica e no tratado dos objetos sonoros, de Pierre Schaeffer, na Universidade de Paris. É mestre em Ciência das Artes pela Universidade Federal Fluminense (UFF) com a dissertação “Silêncio, ação e a música no entreato sonoro”. É diretor formado pela Faetec. Trabalha como diretor e produtor musical de espetáculos, desde 1977. Ministra aulas, como convidado, em cursos da Funarte relacionados à sonoplastia e música para cena. Trabalha na Rede Globo Internacional como produtor musical. Integra o quadro de funcionários da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio.

Oficina de Maquiagem Cênica, com Mona Magalhães

O objetivo do curso é despertar e desenvolver o processo criativo do aluno, que será avaliado em conjunto, experiência, técnica e prática. Exercícios e projetos estão no programa de avaliação e ensino: A ideia básica, Procedimento de pesquisa, Função e forma, e Métodos e processos de trabalho. O curso tem como objetivo habilitar os alunos para a criação da maquiagem cênica, e a entender os princípios e as técnicas desse tipo de maquiagem.

Dias e horários: 5, 12, 19 e 26 de agosto / 2 de setembro, das 9h às 13h

Público-alvo: Maquiadores, atores, alunos de artes cênicas e interessados.

16 vagas

Mona Magalhães é doutora em Estudos da Linguagem, pela Universidade Federal Fluminense – UFF (2010). É mestre em Ciência das Artes – UFF (2004); especialista em maquiagem – Makeup Designory (MUD / USA); bacharel em Artes Cênicas, pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio. E professora Associada I da Escola de Teatro da Unirio, responsável pelas disciplinas de Caracterização I, II e III. É responsável pela maquiagem de caracterização de mais de 70 obras teatrais, além de diversos grupos teatrais, entre eles: Grupo Galpão, de Minas Gerais (MG) e Clowns de Shakespeare, do Rio Grande do Norte (RN). Tem trabalhos publicados em congressos e palestras em eventos internacionais como a Prague Quadrennial 2019. Recebeu os Prêmios: Avon Color (1995 e 2004); Coca-Cola (2000), CBTIJ (2016 e 2017) e Prêmio de Excelência ISTAN – China (2018).

Oficina de Elétrica Cênica, com Marcos Valério Madeira Billé (Marcos Billé)

O objetivo da oficina é despertar e desenvolver o processo criativo do aluno, que será avaliado em conjunto, experiência, técnica e prática. Exercícios e projetos estão no programa de avaliação e ensino: A ideia básica, Procedimento de pesquisa, Função e forma, e Métodos e processos de trabalho. O curso tem como objetivo orientar os alunos sobre indicação do equipamento necessário e elaboração do plano geral de elétrica (esquema para instalação e adequação dos refletores).

Dias e horários: 18 e 25 de julho / 1º, 8 e 15 de agosto, das 9h às 13h

Público-alvo: Eletricistas cênicos, alunos de artes cênicas, eletricistas e interessados.

25 vagas

Marcos Billé é eletricista cênico. Foi diretor técnico da rede de Teatros Leblon, Fashion Mall e Arte SP. É iluminador cênico, desde1979, qualificado em instalação e iluminação cênica, operação de luz, consultoria e produção técnica, além de ministrar oficinas e seminários relacionados à área. Seus trabalhos cênicos são conhecidos por todo país e já foi premiado nos festivais da Federação de Teatro Associativo do Estado do Rio de Janeiro – Fetaerj e no 5º Festival de Novos Talentos. Na área de elétrica cênica, projetou e trabalhou em diversos teatros, como o Teatro das Artes SP, Teatro Poeira, Teatro Fashion Mall e Cine Teatro Eduardo Coutinho, em Manguinhos (RJ).

Oficina de Figurino, com Daniele Torres Geammal

O objetivo do curso é despertar e desenvolver o processo criativo do aluno, que será avaliado em conjunto, experiência, técnica e prática. Exercícios e projetos estão no programa de avaliação e ensino: A ideia básica, Procedimento de pesquisa da matéria- prima utilizada e execução de cada projeto. A oficina tem como objetivo habilitar os alunos a investigar a expressividade da indumentária; apresentar caminhos para o desenvolvimento de um projeto de figurino; estudar as possibilidades para a execução das vestimentas criadas para a cena; criação e projeção de trajes usados pelos atores, atrizes e figurantes, sempre de acordo com a equipe de criação.

Dias e horários: 3, 10, 17, 24, e 31 de julho, das 9h às 13h

Público-alvo: Professores, figurinistas, cenógrafos e alunos de indumentária em artes cênicas.

25 vagas

Daniele Torres Geammal é bacharel em Artes Cênicas, com habilitação em Cenografia, pela Escola de Belas Artes, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Concluiu o curso técnico de Estilismo em Confecção Industrial do Senai-Cetiqt. Possui Licenciatura em Artes no Instituto Superior de Educação do Estado do Rio de Janeiro – Iserj. É professora efetiva da Escola Técnica Estadual de Teatro Martins Penna, administrada pela Fundação de Apoio à Escola Técnica do Estado do Rio de Janeiro – Faetec (RJ), onde ministra as disciplinas de Cenografia, Figurino e Artes Visuais, além de orientar e participar como cenógrafa e figurinista nas montagens de formatura da instituição. Atua no mercado profissional teatral, desde 1992.

Oficina de Bonecos / Mamulengo, com Sandro Roberto dos Santos

O objetivo da oficina é realizar uma oficina de teatro de mamulengo, considerando todas as estruturas que a compõem: histórica, física, dramática e bibliográfica. Exercícios e projetos estão no programa de avaliação contínua: atividade individual, atividade em grupo e autoavaliação. Criação de personagens (tipos e vozes), o improviso, o humor e a manipulação dos bonecos numa relação com a música e a dança, são as atividades desenvolvidas no curso. Segundo o professor, o boneco popular fala, canta, dança, e representa o real e o imaginário. Mas, para isso, deve estar inserido em algum contexto histórico-cultural e do ponto de vista artístico, sendo apresentado com dinamismo e criatividade.

Dias e horários: 2, 9, 16, 23, e 30 de julho, das 14h às 18h

Público-alvo: alunos de artes cênicas, professores e interessados em cultura popular brasileira.

25 vagas

Sandro Roberto dos Santos é artista do teatro de bonecos e artista visual. Ministrou oficinas de arte-educação nas cidades de Santo André (SP), Belo Horizonte (MG), Aquiraz (CE), São Paulo (capital) e Itapecerica da Serra (SP). Como artista visual, trabalhou para o programa humorístico do ator Tom Cavalcante, na Rede Globo de Televisão, e com Antonio Nóbrega, do Instituto Brincante, em São Paulo (SP). Atuou com o teatro de mamulengo, na programação infantil do Sesc São Caetano (SP); “Casa de Bonecos”, no Sesc Santo Amaro (SP); no projeto Eletropaulo na comunidade (SP); no Teatro Municipal Carlos Werneck (RJ) apresentou os espetáculos “Enquanto descansamos, carregamos pedras” e “As pelejas de Marieta e Simão contra o dragão da maldade”, dentre outros. Participou de festivais nacionais e internacionais, como o Encontro Luso Brasileiro de Teatro Popular de Bonecos, em Portugal; o 8º Festival Internacional de Teatro de Bonecos de Canela, no Rio Grande do Sul (RS); I Festival de Teatro de Rua de São Sebastião, em São Paulo (SP); das seis edições do Encontro de Mamulengo, em São Paulo (SP), entre outros. Em seus trabalhos com cenografia, adereços e exposições, destacam-se: o espetáculo Nove de Frevereiro, de Antonio Nóbrega, em São Paulo (SP), com máscaras e adereços; confecção de dez bonecos gigantes, retratando personalidades cearenses para o Carnaval da Prefeitura de Aquiraz, no Ceará; criação e confecção de adereços para o programa Megatom, da Rede Globo de Televisão (SP), entre outros trabalhos.

Faça aqui a sua inscrição para as oficinas

Programa Funarte de Capacitação Artística e Técnica em Artes Cênicas 2019 

A Fundação Nacional de Artes – Funarte, em parceria com produções locais, vai realizar oficinas gratuitas em diversos estados, como Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Maranhão, Amapá, Rondônia, Amazonas, Tocantins, Bahia, Paraíba, Ceará, além do Distrito Federal. Estão confirmadas as oficinas de Elaboração de Projetos Culturais – Artes Cênicas; Dramaturgia: criação de textos teatrais; Direção Teatral; Corpo, Voz; Produção e Administração Teatral; Interpretação e Teatro de Bonecos. Além dos cursos, haverá a montagem de três espetáculos resultantes das oficinas de Montagem de Ópera, Montagem de Teatro Musical e Montagem de Teatro Popular Brasileiro.

Todas as atividades do programa são gratuitas e têm como objetivo capacitar artistas e técnicos na área das artes cênicas, contribuindo para difundir, fortalecer e valorizar o processo produtivo. Os cursos são ministrados por profissionais reconhecidos em suas áreas de atuação. Os links para as  inscrições serão disponibilizados, ao longo do ano, no portal da Funarte. A confirmação da inscrição é enviada por e-mail. O número de vagas varia de acordo com a oficina. Se houver desistências, após o preenchimento das vagas, os candidatos que aguardam na lista de espera poderão ser chamados.

Serviço:

Programa Funarte de Capacitação Artística e Técnica em Artes Cênicas 2019 

Oficina de Iluminação Cênica, com Jorginho de Carvalho
Dias e horários: 5, 12, 19 e 26 de julho, das 14h às 18h / 2 de agosto, das 14h às 18h
Inscrições abertas até o dia 1º de julho

Oficina de Sonoplastia, com Francisco Ítalo Lima dos Santos (Chiquinho Rota)
Dias e horários: 1º, 8, 15, 22 e 29 de julho, das 9h às 13h
Inscrições abertas até o dia 27 de junho

Oficina de Maquiagem Cênica, com Mona Magalhães
Dias e horários: 5, 12, 19 e 26 de agosto / 2 de setembro, das 9h às 13h
Inscrições abertas até o dia 1º de julho

Oficina de Elétrica Cênica, com Marcos Valério Madeira Billé (Marcos Billé)
Dias e horários: 18 e 25 de julho / 1º, 8 e 15 de agosto, das 9h às 13h
Inscrições abertas até o dia 1º de julho

Oficina de Figurino, com Daniele Torres Geammal
Dias e horários: 3, 10, 17, 24, e 31 de julho, das 9h às 13h
Inscrições abertas até o dia 1º de julho

Oficina de Bonecos / Mamulengo, com Sandro Roberto dos Santos
Dias e horários: 2, 9, 16, 23, e 30 de julho, das 14h às 18h
Inscrições abertas até o dia 1º de julho

Vagas: Limitadas
Carga horária total: 20h (cada oficina)
Obs.: Também podem ser realizadas inscrições presenciais no CTAC, no primeiro dia de aula, caso ainda haja vagas disponíveis.

Local: Centro Técnico de Artes Cênicas – CTAC
Rua do Lavradio, 54
Centro, Rio de Janeiro (RJ)
Horário de atendimento: 9h às 18h

 

Centro Técnico de Artes Cênicas, da Funarte – Foto: Divulgação