Início do conteúdo
Notícias Teatro Dulcina, no Rio, recebe o músico Naldinho Freire para o lançamento do CD ‘Sem chumbo nos pés’

Funarte Notícias

Publicado em 23 de julho de 2019

Teatro Dulcina, no Rio, recebe o músico Naldinho Freire para o lançamento do CD ‘Sem chumbo nos pés’

Sucessos como 'Biruta', 'Surreal', 'Pretty Down' e 'Trova de Madeira e Cordas' estão no repertório. Os ingressos custam R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia).

Teatro Dulcina, no Rio, recebe o músico Naldinho Freire para o lançamento do CD ‘Sem chumbo nos pés’ Artista Naldinho Freire – Foto: Ketlen Santos

O Teatro Dulcina, no Centro do Rio, recebe o show de lançamento do CD Sem chumbo nos pés, do artista Naldinho Freire, na próxima quinta-feira, dia 25 de julho, às 20h. A turnê teve início em maio deste ano e essa apresentação, no Rio de Janeiro, representa a estreia da temporada musical no estado. Durante o show, o público pode conferir um pouco da trajetória artística do músico, que tem mais de 30 anos de estrada. A direção musical é assinada por Marcel Barretto. Canções compostas em parceria com o músico vão dar o tom do espetáculo interativo e cheio de nuances contemporâneas. Os ingressos custam R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia).

No repertório do show do Naldinho,  as músicas Biruta, em parceria com Lau Siqueira; Surreal, com Kelcy Ferreira; Pretty Down, com Mario Lucio, Trova de Madeira e Cordas, em conjunto com Ubirajara Almeida, dentre outras canções. Nomes como Chico César, Pinduca, Mario Lucio, Ana de Holanda, Manuel di Candinho, Pedro Osmar, Adeildo Vieira, James Tha Costa, Glaucia Lima, Déa Limeira, Antonio Ronaldo Natália Matos, Camila Honda, Pedro Vianna, Gláfira, Andrea Silveira, Dan Bordallo, Beá Santos, Lucas Torres e Gabriel Freire também estão entre os parceiros do músico.

Em 2016, a produtora cultural Inês Silveira assinou a curadoria do projeto que estava em circulação, experimentação e em fase de produção fonográfica. O concerto marcava o retorno do músico a composições pautadas pelo violão como instrumento norteador para as melodias e os textos das canções. O lançamento do CD foi realizado em Belém, no Pará (PA), em maio de 2019. Em junho, o artista fez outro lançamento em Cabo Verde, na África. O intuito do trabalho é propor um diálogo entre a canção e a música eletrônica e, ainda, incentivar o público a participar do espetáculo.

O projeto surgiu a partir da canção Pássaros, proveniente da parceria com Pedro Osmar, do grupo Jaguaribe Carne. Segundo Naldinho, todo artista é um pássaro. “Creio que nós precisamos dessas asas que nos levam a criar. O mundo é um espaço com seus pesos, e cabe a nós fazer florescer a essência da leveza, pois a arte é uma das poucas coisas que nos abrem os olhos, a mente e o coração. É disso que eu trato neste novo projeto, marcado pelo meu momento pessoal e afetivo, mas também pelo contexto político que estamos vivendo”, ressalta. “Estabelecer conexões é a melhor forma de estar em todos os lugares ao mesmo tempo, ainda que simbolicamente. A arte nos proporciona essa vivência: Brasil, África, Europa. Minhas raízes têm um pouquinho de cada lugar. São a base para o meu trabalho e me fazem sem chumbo nos pés”, acrescenta o músico.

Saiba mais sobre o artista

Naldinho Freire é músico, educador, compositor e pesquisador. Nasceu na Paraíba (PB) e foi radicado em Belém (PA). Lançou o LP Lapidar (1995) e viajou por várias capitais do Brasil e alguns países da Europa. Participou de festivais (Sesc) entre os anos 1995 e 2004. Através do projeto Misa Acústico, lançou o CD Viandante,  em Alagoas (AL), em 2005. Publicou pesquisa na área de música sobre tradição oral do Nordeste, por meio do CD Raízes, integrando a coleção Memória Musical do Sesc Alagoas (AL), em 2006. Participou do CD Sound of Alagoas, lançado em Berlim (GER), na POPKOMM. Realizou turnê com o CD Raízes na África, França, Portugal e Rotterdam (de 2008 a 2010). Realizou concertos nas cidades de Praia e São Domingos, em Cabo Verde, e publicou o DVD Raízes: Traços Contemporâneos (2010). Com o DVD Raízes, realizou concertos pelo Brasil (2011 e 2012). Foi representante da Fundação Nacional de Artes – Funarte para as regiões Norte e Nordeste do Brasil (2011 a 2016). Atualmente, dedica-se ao concerto Sem chumbo nos pés, que estreou no Recife (PE), em janeiro de 2017. O show foi apresentado na cidade de Praia Capital e no município de Tarrafal, ambos em Cabo Verde, na África, em abril de 2017. O Brasil recebeu a 2ª etapa da temporada do espetáculo a partir do mês de outubro do mesmo ano (2017), em Niterói e no Rio de Janeiro (RJ); Recife (PE); em João Pessoa (PB); em Pium e Natal (RN) e em Maceió (AL). Participou do festival Atlantic Music Expo, em Cabo Verde (abril de 2018). O concerto também foi apresentado em Portugal, entre agosto e setembro de 2018.

Serviço:

Show de lançamento do CD Sem chumbo nos pés, do músico Naldinho Freire

Dia e horário: 25 de julho, quinta-feira, às 20h

Ingressos: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia-entrada) / R$ 30 (social, com a doação 1k de alimento não perecível)

Pagamento somente em dinheiro

Local: Teatro Dulcina
Rua Alcindo Guanabara, 17 – Centro – Rio de Janeiro (RJ)
Telefone: (21) 2240-4879
(Próximo ao VLT e ao Metrô Cinelândia)

 

Naldinho Freire – Foto: Camila Figueredo