Início do conteúdo
Notícias Sala Guiomar Novaes recebe recital dedicado a Willy Corrêa de Oliveira

Funarte Notícias

Publicado em 15 de fevereiro de 2018

Sala Guiomar Novaes recebe recital dedicado a Willy Corrêa de Oliveira

O programa acompanha o percurso do autor ao lado de diversos poetas e inclui obras compostas para Caroline De Comi e Maurício De Bonis

Sala Guiomar Novaes recebe recital dedicado a Willy Corrêa de Oliveira Núcleo Réplica. Foto: divulgação.

No dia 25 de fevereiro, domingo, às 17h, a Sala Guiomar Novaes recebe o recital Willy Corrêa de Oliveira – primeiras audições III, apresentado pelo Núcleo Réplica. A entrada é gratuita.

O repertório traz uma amostra da extensa produção de Willy Corrêa de Oliveira para voz e piano, comentada pelo próprio compositor. O programa inclui diversas canções compostas para o duo formado por Caroline De Comi e Maurício De Bonis, que há cerca de quinze anos vem se dedicando à música contemporânea e ao trabalho de Willy Corrêa de Oliveira. A seleção de obras acompanha o percurso de Willy ao lado de diversos poetas: de Brecht a Hölderlin, de Emily Dickinson a Paul Celan, de Jorge Koshiyama a Alexandre Barbosa de Souza.

O crítico de arte Alfredo Bosi, em O desafio de traduzir Ungaretti, prefácio da edição bilíngue de poemas traduzidos e interpretados por Geraldo Holanda Cavalcanti, afirma a complexidade dos processos de tradução e interpretação. É o caso da relação entre poesia e música, que enfrenta um duplo desafio: a busca do registro em música de uma leitura do poema, durante o processo de composição, e a interpretação, no cruzamento entre as duas linguagens. Assim, os sentidos para a interpretação de uma canção devem ser descobertos e, muitas vezes, encontra-se aquilo que não estava previsto. Nem sempre o que é descoberto existe, muitas vezes é criado, surge de dentro da obra, já que a obra vive, sendo independente do criador.

Formado por Caroline De Comi, Maurício De Bonis, Gilson Antunes e convidados, o Núcleo Réplica dedica-se à interpretação e à criação como esferas inseparáveis da prática musical. O grupo atua na relação direta com compositores e seus processos de criação, na apresentação de repertórios referenciais para a criação musical contemporânea ou na recuperação crítica do repertório da história da música. Desde o início de suas atividades, o núcleo mantém uma dedicação especial à obra de Willy Corrêa de Oliveira.

Sala Guiomar Novaes – Complexo Cultural Funarte SP
(Alameda Nothmann, 1058, Campos Elíseos, São Paulo, SP)

Projeto: Willy Corrêa de Oliveira – primeiras audições III
Dia 25 de fevereiro. Domingo, às 17h.
Entrada franca

Intérpretes:
Núcleo Réplica: Caroline De Comi (soprano) e Maurício De Bonis (piano) | Participação especial: Manuela Freua (soprano) | Comentários sobre as obras: Willy Corrêa de Oliveira

Programa
Obras para voz e piano de Willy Corrêa de Oliveira (nascido em 1938), comentadas ao vivo pelo próprio compositor.

Cantares por Diamantina (2ª versão, 1982/2001) (versos de Bertolt Brecht)
I. A exceção e a regra
II. As águas do rio
III. Se a pedra diz
IV. Entendimento

Se fôssemos infinitos (1990) (versos de Bertolt Brecht)

4 canções sobre poemas de Jorge Koshiyama (2001)
I. Coral
II. Antífona
III. Ricercata
IV. Vislumbres

Cristal (2001) (versos de Paul Celan)

Canções de Celan (versão para Caroline, 1997/2002) [versos de Paul Celan]
I. Fiapossóis
II. Os vestígios da mordida no nenhures
III. A mim

Uma porta (2011) (versos de Alexandre Barbosa de Souza)

Poema 3 (2011) (versos de Alexandre Barbosa de Souza)

3 Duetti, para duas vozes femininas* e piano (2005) (versos de Emily Dickinson)
I. Ample make this bed
II. A sepal, a petal and a thorn
III. Wild nights, wild nights

Sem título (2012) (versos de Alexandre Barbosa de Souza)

Replica (2013) (versos de García Lorca)

Não há rio… (2017) (versos de Alexandre Barbosa de Souza)

Canção terrível (2016) (versos de Alexandre Barbosa de Souza)

Ample make this bed (2017) (versos de Emily Dickinson)

Hölderlin Lied (2017) (versos de Friedrich Hölderlin)

Mais informações:
(11) 3662-5177
(11) 3822-5671 (bilheteria – abre uma hora antes dos espetáculos)
funartesp@gmail.com