Funarte lança três editais de música erudita | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página InicialMúsicaTodas as notíciasFunarte lança três editais de música erudita

Funarte lança três editais de música erudita

A novidade de 2014 é o prêmio de apoio a orquestras. Foram lançados também o Prêmio Funarte de Concertos Didáticos, que leva a música às escolas públicas, e o Prêmio Funarte de Composição Clássica, que seleciona obras para a XXI Bienal de Música

Publicado em 25 de fevereiro de 2014 Imprimir Aumentar fonte

A Fundação Nacional de Artes – Funarte lançou três processos seletivos para projetos na área de música erudita: o Prêmio Funarte de Apoio a Orquestras, o Prêmio Funarte de Concertos Didáticos e o Prêmio Funarte de Composição clássica. As portarias que instituem os editais relativos a essas seleções foram publicadas no Diário Oficial da União, no dia 26 de fevereiro de 2014.

Prêmio Funarte de Apoio a Orquestras
O edital vai selecionar projetos de orquestras que se enquadram nas classificações tradicionais de “orquestra sinfônica”, “orquestra de cordas” e “orquestra de câmara”, e que visem: aquisição de instrumentos musicais; e/ou aquisição de peças de reposição; e/ou materiais de consumo para instrumentos musicais; e/ou aquisição de estantes nacionais para orquestra; e/ou reparação de instrumentos musicais de sua propriedade. Podem participar deste edital as orquestras sob a forma de instituição pública ou privada, sem fins lucrativos, cadastradas na Receita Federal (CNPJ – Pessoa Jurídica) há pelo menos dois anos, e que se encontrem em efetivo funcionamento por igual período (veja mais informações sobre este item no edital). Serão contemplados, no mínimo, 31 projetos, cada um no valor máximo de R$ 40 mil (prêmio sujeito à tributação prevista na legislação).
O material de inscrição previsto no edital deve ser enviado à Funarte somente pelo correio, dentro do prazo determinado pelo edital.
Para mais informações, clique aqui

Prêmio Funarte de Concertos Didáticos
O edital do Prêmio Funarte de Concertos Didáticos vai selecionar, projetos para a realização de concertos didáticos em escolas da rede pública, por duos, trios, quartetos, quintetos e/ou sextetos vocais e/ou instrumentais e/ou conjuntos corais, formados por músicos brasileiros ou radicados no país há, no mínimo, dois anos. Estão habilitados a participar deste processo seletivo pessoas jurídicas com ou sem fins lucrativos, cujo estatuto ou contrato social tenha como objeto o desenvolvimento de atividades relacionadas à produção artística/cultural. Serão contemplados, no mínimo, 41 projetos, cada um no valor máximo de R$ 25 mil (sujeitos à tributação prevista na legislação). Cada proponente poderá concorrer com até três projetos, com músicos e repertórios diferentes, dos quais apenas um poderá ser selecionado (mais informações no item 4 do edital).
O material de inscrição previsto no edital deve ser enviado à Funarte somente pelo correiodentro do prazo determinado pelo edital.
Para mais informações, clique aqui

Prêmio Funarte de Composição Clássica 2014
O Edital do Prêmio Funarte de Composição Clássica 2014 vai selecionar de 37 composições inéditas, para solistas, orquestras, conjuntos instrumentais e/ou vocais. As peças terão estreia mundial na XXI Bienal de Música Brasileira Contemporânea, em outubro de 2015. O total de recursos empregados no programa é de R$ 1,2 milhão. Os prêmios variam de R$ 9 mil a R$ 30 mil. A premiação inclui, além da retribuição por direito autoral, a gravação em áudio e vídeo da obra premiada, sua preservação no Centro de Documentação – Cedoc/Funarte e sua difusão não comercial via internet, bem como apresentações (veja item 5 do edital).
material de inscrição previsto no edital deve ser enviado à Funarte somente pelo correio, dentro do prazo determinados pelo edital.
Para mais informações, clique aqui

Esses editais são realizados pelo Centro da Música da Funarte/ Coordenação de Música Erudita.

A política de Editais da Funarte em 2014 visa ao estímulo à reflexão e à experiência estética do público, além do compromisso com a sustentabilidade e com a inclusão social. Os projetos deverão valorizar e fortalecer a memória e a diversidade da cultura brasileira; contemplar temas relevantes da sociedade contemporânea, as novas linguagens, a nova produção cultural brasileira, a transversalidade das artes, a educação, a democratização e a acessibilidade à cultura.

Para mais informações, clique no títulos respectivos a cada edital, acima