Funarte debate a música popular brasileira | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página InicialMúsicaTodas as notíciasFunarte debate a música popular brasileira

Funarte debate a música popular brasileira

Seminário aborda a relação entre essa linguagem artística, as universidades e as políticas culturais

Publicado em 8 de outubro de 2018 Imprimir Aumentar fonte
Post_musica_popular_destaque
Arte: Programação Visual Funarte

A Fundação Nacional de Artes – Funarte, em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) realiza, entre os dias 16 e 18 de outubro de 9h30 às18h, o Seminário Música Popular Brasileira em Pauta, na Escola de Música da UFRJ, no Centro do Rio de Janeiro. A participação é gratuita – mas o evento é sujeito a lotação.

A conferência reúne alunos e professores da área musical e gestores culturais, vindos de vários estados brasileiros, para dialogar sobre a relação entre as universidades e as instituições culturais, no que se refere à música. Entre os temas dos diálogos foram destacados: o ensino técnico e superior da música popular, os acervos musicais, a música nos estudos interdisciplinares; e a cooperação entre instituições de educação e entidades de cultura ligadas à essa linguagem artística.

A ação integra o Projeto Funarte Universidades, do Centro da Música da Funarte. O encontro é empreendido em parceria com a Escola de Música da UFRJ, através do seu Programa de Pós-Graduação Profissional em Música (Promus). “Como desdobramento, esperamos que o seminário aproxime atores diversos e favoreça a atuação em rede, de forma colaborativa, em torno de algumas pautas, como a difusão do repertório musical brasileiro”, afirma Marcos Souza, diretor do Centro da Música/Funarte.

Além dos debates, a programação também engloba a exposição de projetos e iniciativas, que exemplificam as interações entre universidades e instituições de cultura. Nessas apresentações, a antropóloga Nicole Costa fala sobre a gestão do Paço do Frevo (Recife – PE) com realce das conexões do Observatório do Frevo com a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); a instrumentista Paula Borghi apresenta o resultado de seu trabalho de conclusão de mestrado: um site com dez partituras de obras inéditas do compositor, arranjador, violonista e pesquisador Mauricio Carrilho para violão, além de vídeos, gravados na Casa do Choro (Rio de Janeiro – RJ).

A agenda conta, ainda, com as apresentações do Bandolim Trio (Daniel Migliavacca, Tiago Santos e Vitor Casagrande, alunos do Promus – UFRJ); do instrumentista José Gustavo Julião de Camargo, que faz um concerto solo de viola caipira; e de Maria Eugênia Almeida, com o espetáculo Planta do Pé, que “mescla falas e coreografias e convida o público a conhecer um pouco das danças tradicionais brasileiras”.

Música Popular Brasileira em pauta – Projeto Funarte Universidades

De 16 a 18 de outubro de 2018
Das 9h30 às18h

Escola de Música da UFRJ
Rua do Passeio, 98 – Centro – Rio de Janeiro (RJ)
Sala da Congregação.

PROGRAMAÇÃO

16/10, terça-feira

9h/9h30h             CADASTRAMENTO

9h30/10h30         ABERTURA
Marcos Souza (Diretor do Centro da Música da Funarte ), Eulícia Esteves (Gerente de Música Popular – Cemus – Funarte), Maria José Chevitarese (UFRJ), Aloysio Fagerlande (Promus/UFRJ), Jacyan Castilho (Capes/Artes).

10h30/12h30      A MÚSICA POPULAR BRASILEIRA NAS POLÍTICAS PÚBLICAS DE CULTURA

Elizeth Higino (Biblioteca Nacional), Mário Chagas (IBRAM), Ellen Krohn (IPHAN), João Pinho (Ancine). Mediação: Eulícia Esteves (Gerente de Música Popular – Cemus – Funarte).

12h30/14h           Intervalo para almoço

14h/16h               A MÚSICA POPULAR BRASILEIRA NAS UNIVERSIDADES
Budi Garcia (Unicamp) José Julião de Camargo (USP-RP), Luciana Prass (UFRGS), Cliff Korman (Uni-Rio). Mediação: Henrique Cazes (UFRJ).

16h/16h30           “Coffee break”

16h30/17h           Bandolim Trio (Daniel Migliavacca, Tiago Santos e Vitor Casagrande – alunos do Promus – UFRJ)

17h/17h40           Maria Eugênia Almeida – Planta do Pé  (um passeio pelas danças tradicionais brasileiras)

17/10, quarta-feira

9h30/11h30         INTERAÇÕES DESEJÁVEIS – INTERCÂMBIO ENTRE UNIVERSIDADES E INSTITUIÇÕES CULTURAIS
Maya Suemi Lemos (Funarte), Ana Ligia de Medeiros (Casa de Rui Barbosa), Cláudia Castro (Museu Villa Lobos/IBRAM), Paulo Castagna (UNESP) e Rubens Ricciardi (USP-RP).

11h30/12h30       RODA DE CONVERSA

12h30/14h           Intervalo para almoço

14h/16h               EXPOSIÇÃO DE PROJETOS
Nicole Costa (Paço do Frevo/PE), Jayme Vignoli (Casa do Choro/RJ) e Paula Borghi (Casa do Choro/Promus)

16h/16h30           “Coffee break”

16h30/17h20                 José Gustavo Julião de Camargo – Revoredo (viola caipira solo)

18/10, quinta-feira

9h30/11h             ENSINO TÉCNICO DA MÚSICA POPULAR: CONEXÕES COM A UNIVERSIDADE
Luiz Fernando Giori – Conservatórios Estaduais de Música (MG), Carlos Augusto Pires (UFPA), José Maria Braga – Escola de Música Villa-Lobos (RJ). Mediação: Fábio Nin (Escola de Música – UFRJ).

11hh/11h30         ”Coffee break”

11h30/13h           MÚSICA E INTERDISCIPLINARIDADE
Felipe Barros (IFRJ), Rubens Lima Jr. (Uni-Rio), Lia Rejane (CBM), Roberto Guimarães (Lab Sonic /Oi Futuro). Mediação: Ana Luísa Lima (IFRJ).

13h/14h30           Intervalo para almoço

14h/16h               CONSTRUINDO A REDE DE TROCAS, ENCAMINHAMENTOS

16h/18h               Roda musical (“Jam session”)

Realização: Fundação Nacional de Artes – Funarte/ Centro da Música

Parceria: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)/ Escola de Música/ Programa de Pós-Graduação Profissional em Música (Promus).

Mais Informações
Centro da Música – Funarte
Tel.: (21) 2279 8109
cemus@funarte.gov.br