Você está em: Página InicialMúsicaTodas as notíciasCelsinho Silva, Eduardo Neves, Luís Barcelos e Rogério Caetano, no programa ‘Época de Ouro’

Celsinho Silva, Eduardo Neves, Luís Barcelos e Rogério Caetano, no programa ‘Época de Ouro’

Eles são os convidados da tarde, no show do projeto Música no Capanema, na Sala Funarte Sidney Miller, segunda-feira (17)

Publicado em 16 de março de 2014 Imprimir Aumentar fonte
Post_Celsinho Silva, Eduardo Neves, Luis Barcelos e Rogerio Caetano_Programa ‘Epoca de Ouro’_projeto Musica no Capanema_marco 2014
Celsinho Silva, Eduardo Neves, Luís Barcelos e Rogério Caetano. Foto: Mariana Rocha

Será lançado na segunda-feira, dia 17, às 17h, na Sala Funarte Sidney Miller – Rio de Janeiro – O CD Só Alegria, do quarteto formado por Celsinho Silva (percussão), Eduardo Neves (flauta/saxofone), Luís Barcelos (bandolim) e Rogério Caetano (violão de sete cordas). Com entrada gratuita, o show de lançamento do disco está na pauta do programa semanal do Conjunto Época de Ouro, realizado pela Rádio Nacional em parceria com a Fundação Nacional de Artes, no projeto Música no Capanema. Os quatro convidados mesclam os temas dos cancioneiro brasileiro, utilizando sua experiência artística no Brasil e no exterior, em composições autorais, com base em samba, choro, baião, música latina e africana – em arranjos do próprio grupo.

O aclamado conjunto Época de Ouro apresenta, em seus shows, um repertório variado, com músicas de grandes compositores da música instrumental brasileira e dos seus convidados – especialmente de choro.

Sobre o quarteto convidado

Nascido e criado em meio à música, Celsinho Silva é filho de Jorginho do Pandeiro e sobrinho de Dino 7 Cordas. Iniciou sua carreira de percussionista em 1976, no grupo de choro Os Carioquinhas. É fundador e integrante do Nó em pingo d’água. Desde o início de seu trabalho, tocou em shows, televisão e gravações com inúmeros artistas, dentre eles Nara Leão, Dominguinhos, Joel Nascimento, Radamés Ignattali, Turíbio Santos, Elizeth Cardoso, Cristina Buarque, Moraes Moreira, Nelson Cavaquinho, Roberto Ribeiro, Marisa Monte, Ademilde Fonseca, D. Ivone Lara, Conjunto Época de Ouro (do qual é diretor musical), Guinga, Chico Buarque, Maria Bethânia, Nelson Sargento, Geraldo Azevedo, Leila Pinheiro, Beth Carvalho, Ivan Lins, Ney Matogrosso e Paulinho da Viola, de cuja banda faz parte desde 1980.

O flautista e saxofonista Eduardo Neves iniciou sua carreira aos 16 anos. Aos 19, já integrava as bandas de Tim Maia e de Luís Melodia. Desde então, tem acompanhado diversos grandes nomes, como Johnny Alf, D. Ivone Lara, Moacir Santos, Milton Nascimento, Época de Ouro, Elton Medeiros, Paulinho da Viola, Frank Sinatra Jr, Omara Portuondo, Maria Bethania, Roberta Sá, Cauby Peixoto, Joyce, Guinga, Hermeto Pascoal, Paulinho Moska, Hamilton de Holanda, Seu Jorge, Marcos Suzano, Ed Motta, Zeca Pagodinho, Elza Soares e Maria Shneider.

O bandolinista Luís Barcelos tem como foco de atuação a música carioca – principalmente o choro e o samba. Além do seu trabalho solo, integra diversos grupos instrumentais, além de tocar com artistas como Yamandú Costa, Nina Wirtti, Délcio Carvalho, Pedro Miranda, Nicolas Krassik, Henrique Cazes, Áurea Martins, Grupo Fundo de Quintal, Zeca Pagodinho, Beth Carvalho e outros.

Rogério Caetano é considerado um virtuose do violão de sete cordas, representando uma nova categoria de músicos desse instrumento. Tendo sempre o choro e o samba como suas principais referências, já tem seu lugar ao lado dos grandes nomes do violão brasileiro. Com três álbuns próprios gravados, tem atuado, também, ao lado de grandes artistas, como Beth Carvalho, Zeca Pagodinho, Dona Ivone Lara, Monarco, Joel Nascimento, Zé da Velha e Silvério Pontes, Marcos Sacramento, entre outros – além de ser o parceiro mais constante de Yamandú Costa.

O Programa Época de Ouro é transmitido ao vivo pela Rádio Nacional AM (1.130KHz). É apresentado por Cristiano Menezes. Os convites estarão disponíveis na bilheteria da Sala Funarte no dia do show, a partir das 15h.

Sobre o Conjunto Época de Ouro

Formado no Rio de Janeiro, o Época de Ouro teve grande importância no chamado movimento de resistência do choro, na década de 1960, quando a bossa nova reinava quase absoluta no cenário musical brasileiro. Com o falecimento de seu fundador, Jacob do Bandolim, em agosto de 1969, alguns dos compromissos do grupo foram adiados e o conjunto somente retomou suas atividades, em 1973, com o convite de Paulinho da Viola  para participar do espetáculo ‘Sarau’, no Teatro da Lagoa, na Zona Sul carioca. Foi desta experiência que surgiu o Clube do Choro, idealizado por Paulinho da Viola e Sérgio Cabral, e todo um movimento no país que buscava dar maior visibilidade a esse gênero musical.

Atualmente, o conjunto é formado por Jorginho do Pandeiro (diretor musical), Jorge Filho (cavaquinho), Ronaldo do Bandolim, Antônio Rocha (flauta), Toni Sete Cordas (violão de sete cordas) e André Belieni (violão).

A utilização da Sala Funarte para o Programa Época de Ouro resulta de uma parceria entre a Fundação Nacional de Artes e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Antes, a atração era realizada no auditório da Rádio Nacional, que passa por reforma.

Projeto Música no Capanema
Programa Época de Ouro recebe

Entrada gratuita

Segunda-feira, 16 de março de 2014, às 17h
Classificação indicativa: 12 anos

Sala Funarte Sidney Miller – Palácio Gustavo Capanema
Rua da Imprensa nº 16 (térreo) – Centro, Rio de Janeiro (RJ)
Tels: (21) 2279-8087 (bilheteria)

Convites disponíveis a partir das 15h, na bilheteria

Realização
Rádio Nacional AM – RJ/ Empresa Brasil de Comunicação (EBC)
Fundação Nacional de Artes – Funarte/ Centro da Música

Mais informações
Funarte/ Centro da Música
tel.
(21) 2279-8601