14 jun 2013

Memória e patrimônio imaterial do Xingu em pesquisa e intervenções artísticas

1 Comentário
memoria_agua_xingu
Os processos finais da residência Memória das Águas do Xingu, realizada por Lorena Anastácio no Ponto no Xingu/Fundação Tocaia chegam ao fim com apresentações em diversos espaços em Altamira (PA). Com intervenções artísticas.
A residência se debruçou sobre o universo xinguano, pesquisando mitos e a memória dos povos, a influência da magia, das relações com a natureza e os costumes dos pescadores, lavadeiras, seringueiros, barqueiros, entre outros.
“Compartilhamos experiências que transitam nas histórias de vida e nos pensamentos das comunidades locais a partir da troca de contar e ouvir histórias, do imaginário individual e coletivo, de laboratórios estéticos práticos entre os participantes, das lembranças e inquietações potencializadas pelo uso de tecnologias em captação, projeção, difusão de imagens em movimento e de criação de sons”.
Programação:
Intervenções artísticas gratuitas
18/06 – 20h
Cetec
20/06 – 20h
Praça do Cais
21/06 – 20h
UFPA

Compartilhe!

Caro usuário, você pode utilizar as ferramentas abaixo para compartilhar o que gostou.

Comentários

1

Deixe seu comentário

* Os campos de nome, e-mail e mensagem são de preenchimento obrigatório.