Nota de pesar: Caique Botkay | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página Inicial › Funarte › Todas as notíciasNota de pesar: Caique Botkay

Nota de pesar: Caique Botkay

(1951 – 2018)

Publicado em 13 de novembro de 2018 Imprimir Aumentar fonte

A Fundação Nacional de Artes – Funarte lamenta a morte do compositor e diretor musical Carlos Henrique de Sorocoba Botkay, ocorrida nesta segunda-feira, dia 12 de novembro, no Rio de Janeiro. Caique Botkay, como era conhecido, tinha 67 anos e, ao longo de mais de quatro décadas, compôs e dirigiu para o teatro. Conquistou diversos prêmios durante sua trajetória, entre os quais, o Molière, em 1979, pelo conjunto da obra; três prêmios Shell e cinco Mambembe.

A convite do Centro da Música da Fundação Nacional de Artes, Caique participaria do Seminário Funarte de Música Brasileira Infantil, nesta terça e quarta-feira, dias 13 e 14 de novembro, no Museu de Arte do Rio – MAR. Na abertura, foi feita uma homenagem a ele. “Caique aceitou, há algumas semanas, o convite. Ficou muito empolgado já que era compositor e fez muitas trilhas para o teatro infantil. Sentimos muito e estamos homenageando o seu legado nesse evento”, afirmou o diretor do Cemus, Marcos Souza.

Formado em Musicoterapia pelo Conservatório Nacional de Música, Caique Botkay iniciou sua carreira no teatro infantil em 1975. Na década de 1980, trabalhou como assessor da direção do Centro de Estudos de Artes Cênicas, vinculado ao Instituto Nacional de Artes Cênicas (INACEN), uma das entidades que deram origem à atual Funarte. Desde março de 2017, era diretor-presidente da MultiRio -Empresa Municipal de Multimeios, vinculada à Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura do Rio de Janeiro. Caique também publicou dois livros: Achados, pela editora Nova Fronteira; e Histórias de Mágicos e Meninos, pela editora 34.