O Encontro

IV Encontro Funarte de Políticas para as Artes

Em sua quarta edição, o Encontro Funarte de Políticas para as Artes percorrerá ainda mais capitais das cinco regiões brasileiras, estendendo-se a Belém/PA, Recife/PE, Curitiba/PR, Goiânia/GO e Rio de Janeiro/RJ. Com previsão para acontecer em setembro deste ano, o Encontro abrirá inscrições para trabalhos em todas as cidades.

Realizado desde 2011, o Encontro Funarte de Políticas para as Artes é um ciclo de reuniões com participação da sociedade. Ele tem como objetivo promover a reflexão e contribuir para a formulação e aperfeiçoamento das políticas para as artes, em abrangência nacional. Isto é realizado através do diálogo entre diferentes agentes sociais: pesquisadores, gestores, artistas, produtores e articuladores, em geral, relacionados às diversas linguagens artísticas.

O tema do IV Encontro, “Diálogos, territórios e conjunturas”, permanece e foi criado a partir dos debates nas edições anteriores do evento. Neles, a Funarte detectou a necessidade de ampliar cada vez mais o campo de discussões e, ao mesmo tempo, aumentar redes de contatos, construindo novas articulações. Por isso, a manutenção da circulação em todas as regiões do país. O Encontro terá parcerias com representações regionais do Ministério da Cultura e da Funarte, e com secretarias estaduais e municipais de Cultura.

Com esta iniciativa a Fundação Nacional de Artes dá continuidade à sua política de diálogo ampliado com a sociedade. O Encontro trará para o debate diferentes perfis de pessoas que, de forma democrática, vão promover uma reflexão importante para a formulação e aperfeiçoamento da política nacional para a atividade artística.

Programação

O IV Encontro Funarte de Políticas para as Artes contará com a participação de gestores locais, como secretários municipais e estaduais de cultura, artistas com trabalho reconhecido nacional e internacionalmente, Representantes Regionais do MinC, produtores, pesquisadores de diversas regiões do país apresentando artigos e boas práticas.

Dentre os palestrantes de todas as cidades vale ressaltar a presença: em Belém, da Sra. Heliana Jatene, presidente da Fundação Cultural de Belém; Guti Fraga, presidente da Funarte; Delson Cruz, representante regional MinC/Norte. Em Recife estarão presentes também o presidente da Funarte; Moacir dos Anjos, representante da Fundação Joaquim Nabuco; Sra. Leda Alves, Secretária de Cultura de Recife; José Gilson, representante regional MinC/NE; Fátima Pontes, da Escola Pernambucana de Circo. Em Goiânia discutiremos as políticas para as artes com Décio Tavares, representante da secretaria de estado de cultura; Ivanor Florêncio Mendonça, secretario municipal de cultura; Carlos Sena Passos, diretor do centro cultural da UFG; Beatriz Wanderley, representante regional MinC/CO; Vania Ferro, presidente da Associação Goiana de Artes Visuais. Estarão presentes em Curitiba, dentre outros, Ana Maria Hladczuk, representante da secretaria de estado de cultura; Marcos Cordiolli, presidente da Fundação Cultural de Curitiba; Margarete Moraes, representante regional MinC/Sul; Nilton Cordoni, responsável pela Oficina de Música de Curitiba. O IV Encontro Funarte encerra sua itinerância no Rio de Janeiro com palestras e conferências e dentre os diversos convidados estão Fabio Lima, representante regional MinC/RJ e ES; Marcos André, secretário de Economia Criativa/
MinC; Luiz Guilherme Vergara, MAC/Niterói; Gustavo Venturi, conferencista de abertura e responsável pela Pesquisa Públicos de Cultura; Ana de Fátima Souza, conferencista de encerramento e representante do Itaú Cultural/SP.

Ressaltamos ainda que inscrições para ouvintes podem ser realizadas no dia, local e horário do evento e contaremos com a presença de tradutora de linguagem de libras, garantindo a acessibilidade de deficientes auditivos a todo o evento.

 

Programação completa

 

Belém/PA

9 de setembro de 2014

Auditório da Representação Regional Norte/MinC

Av. Gov. José Malcher, 474 – Nazaré/Belém-PA

Mesa Abertura – 10h às 12h

Guti Fraga – Presidente Funarte;

Heliana Jatene – Presidente FUMBEL;

Delson Cruz – Representante Regional MinC/Norte;

Maurício Adinolfi – Artista Visual (SP)

Mesa Produção e políticas para as Artes – 14h às 16h

Eliana Bogéa e Paulo Nascimento – ‘De Bubuia no custo amazônico: cenas de uma poítica para as artes do Brasil’;

Valcir Bispo Santos – ‘Política Cultural, diversidade cultural e economia criativa em Belém na Amazônia Paraense’;

Alexandre Silva dos Santos Filho – ‘Primeiro Ato: arte, cultura e poesia’

Camila da Costa Lopes, Elian Karine da Silva, Itamar Rodrigues Paulino – ‘O museu dos Òbidos e a apresentação das culturas na formação da identidade amazônida: dialógicas entre o passado e o presente’.

Mesa diálogos, terrítorios e Conjunturas – 16h às 18h

Ana Marceliano – atriz, diretora e fundadora do Coletivo Dirigível de Teatro;

Ana Flavia Mendes – diretora artística e coreógrafa da Companhia Moderno de Dança;

Deize Botelho – gestora cultural do Galpão das Artes de Marabá;

Tercio Araripe – luthier e fundador do Grupo Uirapuru (CE)

 

Recife/PE

11 de setembro de 2014

Representação Regional MinC/NE

Rua Bom Jesus, 237 – Bairro do Recife

Mesa abertura – 10h às 12h

Guti Fraga – Presidente da Funarte;

Moacir dos Anjos – curador de artes visuais e autor do projeto de residências artísticas da Fundação Joaquim Nabuco;

André Brasileiro – diretor de gestão de políticas culturais da Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco;

Thiago Rocha – diretor de gestão do Funcultura;

Leda Alves – Secretária de Cultura de Recife;

José Gilson – Representante Regional MinC/NE;

Caroline Ladeira – artista Mestre em Artes da Cena, Pedagoga e Cantora

Mesa Produção e políticas para as Artes

Williams Sant’Anna – ‘Políticas do picadeiro: análise dos impactos do Prêmio Funarte Carequinha nos circos itinerantes do Nordeste’;

Maria Ede Anselmo Alves – ‘Infinita Primavera – ação sociocultural do atelier Mutirão de Cultura’;

Marcelo Rangel Lima e Ezio Christian Déda de Araújo – ‘Patrimônio cultural e novas tecnologias: o caso do Museu da Gente Sergipana’.

Mesa diálogos, terrítorios e Conjunturas – 16h às 18h

Fátima Pontes – coordenadora executiva da Escola Pernambucana de Circo;

Renata Amaral – artista do Grupo A Barca (SP);

Anita Freitas – fundadora do Espaço Fonte;

Renato Jorge Valle – Artista visual

 

Goiânia/GO

16 de setembro de 2014

Local: Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro

Rua 3 esquina com Rua 9 – centro

Mesa de abertura – 10h às 12h

Ana Vasconcelos – administradora cultural Funarte;

Décio Tavares Coutinho – Representante Secretaria de Estado de Cultura;

Ivanor Florêncio Mendonça – Secretário Municipal de Cultura;

Carlos Sena Passos – diretor do Centro Cultural UFG;

Beatriz Wanderley – Representante Regional MinC/CO

Mesa Produção e políticas para as Artes

Deize Almeida Botelho e Alexandre Silva dos Santos Filho – ‘Cultura Viva – Diálogos, territórios e conjunturas na amazonidade paraense’;

Maria Cristina Ferreira de Freitas – ‘Ensino da arte contemporânea em um espaço não formal’;

Karen Christye Fidelis – ‘Movimento Pixo: de São Paulo ao Brasil’

Mesa Diálogos, territórios e conjunturas – 16h às 18h

Ana Guiomar – diretora da EMAC/UFG / Festival Nacional da Música;

Vania Ferro – presidente da Associação Goiana de Artes Visuais;

Robson Eleutério – Artista contemplado Edital Microprojetos – Bacia do Rio São Francisco;

Thiago Moura – ator do Grupo Bastet de teatro

 

Curitiba/PR

18 de setembro de 2014

Local: Cine Guarani – Portão Cultural

Av. República Argentina, 3430 – Portão

Mesa Abertura – 10h às 12h

Ester Moreira, Representante Funarte;

José Roberto Lança – representante da Secretaria de Estado de  Cultura do Paraná, atua na  coordenação de Incentivo à Cultura, no Conselho Estadual de Cultura e no Museu Oscar Niemeyer;

Marcos Cordiolli – Presidente da Fundação Cultural de Curitiba;

Margarete Moraes – Representante Regional MinC/SUL;

Michele Zgiet – Educadora e artista na área da linguagem

Mesa Produção e políticas para as Artes

Arildo Sanchez Guerra e Tania Regina Piazzetta – ‘Circo, cidadania e educação’;

Marcella Souza Carvalho – ‘Direito x Cultural: aspectos jurídicos e aplicabilidade do direito na gestão e produção cultural’;

Lucas Martins Néia – ‘Ficção radiofônica: uma apanhado histórico’;

Aldo Valentim – ‘Projeto Ademar Guerra – política pública para jovens artistas do interior do estado de São Paulo: discursos, perspectivas e desafios’.

Mesa Diálogos, territórios e conjunturas – 16h às 18h

Luis Teixeira – diretor teatral e coordenador artístico do Grupo Malasartes;

Leco de Souza – Artista contemplado Prêmio Interações Estéticas – Residências Artísticas em Pontos de Cultura 2009 e 2011;

Asaph Eleutério – Trabalha com projetos em responsabilidade social, terceiro setor, cultura e educação para jovens e adultos em parceria com a UFPR e com a Elo Apoio Social e Ambiental;

Nilton Cordoni – presidente do Instituto Curitiba de Arte e Cultural e responsável pela Oficina de Música de Curitiba

 

Rio de Janeiro/RJ

24 e 25 de setembro de 2014

Local: Sala Portinari – 2° andar e Sala Deolindo Couto – 5° andar

Palácio Gustavo Capanema (Rua da Imprensa, 16 – Centro)

Dia 24/09

Mesa de abertura – 10h

Guti Fraga – Presidente da Funarte;

Fábio Lima – Representante Regional MinC/ES e RJ;

Conferência “Públicos de cultura” – 11h

Gustavo Venturi – coordenador da pesquisa ‘Públicos de Cultura’ realizada pelo SESC/SP e professor USP/SP

Mesa Produção e políticas para as Artes – 14h – Sala Portinari

André Luiz Fernandes Andries – ‘A trajetória da Associação VSA do Brasil e o Programa Arte sem Barreiras – 1990-2004’;

Fabiano dos Santos Silva – ‘Eles precisam? Direitos culturais para pessoas com deficiência’;

Thaissa Azevedo Saraiva Vasconcelos – ‘Projeto Inclusão pela Arte’;

José Maurício de Oliveira Moreira – ‘Edital Funarte Acessibilidade Cultural: pré-proposta de edital para uma política de acessibilidade na Funarte/MinC’;

Andrea Chiesorin – ‘Programa Arte sem Barreiras / Comitê Estadual do Rio de Janeiro / Núcleo de Artes Cênicas: setor Dança Arte sem Barreiras’.

Mesa Produção e políticas para as Artes – 14h – Sala Deolindo Couto

Aline Cântia Corrêa Miguel, Tatiane Soares Reis – ‘Pontos de Memória: interfaces com a economia criativa’;

Camila Aranha dos Reis – ‘Vila Santo Antonio: um breve relato sobre memória e resistência na Amazônia’;

Pablo Gobira, Fernanda de Cássia Lima Corrêa, Karla Danitza de Almeida – ‘Espaços para a memória cultural: refletindo sobre política cultural em uma universidade pública’;

Marjorie Botelho – ‘Sobrado Cultural Rural – Bom Jardim/RJ’.

Mesa Diálogos, territórios e conjunturas – Formação – 16h às 18h

Marcos André – Secretário de Economia Criativa/MinC;

Fabio Silva –coordenador geral Pronatec no IFRJ;

Luiz Guilherme Vergara – curador-diretor do Museu de Arte Contemporânea;

Cayo Honorato – UnB/DF – doutor em educação e pesquisador do tema mediações educacionais, culturais e artísticas das artes, formação do artista, dos mediadores e dos públicos

Dia 25/09

Mesa Produção e políticas para as Artes – 10h às 12h – Sala Portinari

Fernando Luiz Silva Chagas – ‘Direitos humanos a partir de política cultural – o caso do Ponto de Cultura Rural’;

Charlaine Suelen Rodrigues Souza – ‘Era pra ser Brígida – site de produção cultural’;

Daniele C. Dantas – ‘Indicadores e informações como ferramenta para a gestão das artes e da cultura’.

Mesa Produção e políticas para as Artes – 10h às 12h – Sala Deolindo Couto

Bruno Gawryszewski – ‘A constituição de saberes docentes entre professores de arte circense’;

Licko Turle – ‘Festival Carioca de Arte Pública 2014’;

Nayhara M. Fraga – ‘Diálogos entre a web arte e memória cultural’;

Karla Veronica Bichara Martins José – ‘Oficina Social de Teatro’.

Mesa Diálogos, territórios e conjunturas – Festivais – 14h às 16h

Junior Perim – fundador e coordenador executivo, diretor executivo da FIC – Federação Iberoamericana de Circo e idealizador e diretor geral e artístico do Festival Internacional de Circo;

Ronaldo Robles –  diretor, ator, antropólogo, artista plástico e produtor do  Festival Teatro de Sombras (SP);

Lucas Gomes – fundador do Festival Favela em Dança;

Flavia Berton – Teatro de Anônimo / Festival Anjos do Picadeiro

Conferência de encerramento – Fomento

Ana de Fátima Sousa – gerente do Núcleo de Comunicação do Itaú Cultural / membro da Comissão de Seleção do Programa Novo Rumos

 

 

Mais informações

Centro de Programas Integrados/Funarte
cepin@funarte.gov.br

Comentários

0

Deixe seu comentário

* Os campos de nome, e-mail e mensagem são de preenchimento obrigatório.