11 out 2011

Primeira escola de audiovisual da Baixada será abordada por Anderson Barnabé

Comente
Escola Livre de Cinema

Primeira escola de audiovisual da Baixada Fluminense, a Escola Livre de Cinema (ELC) será o tema de um de seus coordenadores artísticos, Anderson Barnabé, na Mesa de Experiências III – Economia criativa e inovação. O convidado abordará, entre outras questões, a metodologia desse projeto, que articula três conceitos – o corpo, a palavra e o território – como elementos de expressão da imagem e do som através de ações artísticas dentro e fora da sala de aula. A ELC é também um Ponto de Cultura e tem parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF).

A mesa da qual Barnabé participará está programada para o dia 10 de novembro, às 10h. Esse painel tem como objetivo discussão sobre os desafios para as políticas públicas rumo ao estabelecimento de novos circuitos econômicos sustentáveis em torno das atividades artísticas no país.

A ELC é gerida pela ong Avenida Brasil Instituto de Criatividade Social, que é consequencia de diversas ações socioculturais desenvolvidas por Barnabé desde 2004 com o projeto Reperiferia, em parceria com os amigos Marcus Vinícius Faustini, Cristiane Braz e Alexandre Damascena.

Anderson Barnabé é formado em Artes Cênicas pela escola de teatro Martins Pena.

Compartilhe!

Caro usuário, você pode utilizar as ferramentas abaixo para compartilhar o que gostou.

Comentários

0

Deixe seu comentário

* Os campos de nome, e-mail e mensagem são de preenchimento obrigatório.