Início do conteúdo
Notícias Teatro Cacilda Becker recebe ‘Festival Tap in Rio’, de Steven Harper e Adriana Salomão

Funarte Notícias

Publicado em 18 de janeiro de 2019

Teatro Cacilda Becker recebe ‘Festival Tap in Rio’, de Steven Harper e Adriana Salomão

Batalhas de sapateado, mostra de vídeos, biblioteca especializada, oficina e sessões de bate-papo estão na programação

Teatro Cacilda Becker recebe ‘Festival Tap in Rio’, de Steven Harper e Adriana Salomão Arena Tap in Rio – Foto: divulgação

Nos dias 25, 26 e 27 de janeiro, o Teatro Cacilda Becker, no Catete, Zona Sul do Rio, recebe o Festival Tap in Rio. O evento, considerado referência no país, foi criado em 2002 pelos bailarinos Steven Harper e Adriana Salomão. A programação inclui batalhas de sapateado, mostra de vídeos, biblioteca especializada, oficina de passinho e sessões de bate-papo. Os ingressos custam R$ 30 e R$ 15,00 (meia).

Conhecida historicamente por “Cutting Contest”, a batalha é um duelo de habilidade, improviso e criatividade entre os sapateadores, com regras estabelecidas e um corpo de jurados para determinar o vencedor. Na Arena Tap in Rio, também serão realizadas as apresentações das Performances Teen. Com o crescente interesse do público pelo sapateado, o Tap in Rio reúne profissionais renomados de todo o país e também conta com a presença de alunos e professores dos Estados Unidos, e países da Europa e América Latina.

No dia 27 de janeiro, domingo, às 20h, será apresentado o espetáculo Contracultura, que propõe uma viagem no tempo através dos movimentos culturais alternativos e underground, tendo como inspiração o movimento hippie, o black power, a tropicália, o hip hop, até chegar aos dias atuais com o funk carioca. Segundo os organizadores, há muita coisa em comum entre os hippies dos anos 1960 e os funkeiros do século XXI: “o desejo de viver a própria cultura com liberdade. Contra uma cultura única e dominante, movimentos culturais surgem de forma cíclica, indicando novos caminhos. Dança e teatro dialogam neste espetáculo que integra o Festival”, ressaltam.

Espetáculo 'Contracultura' - Foto: divulgação

Serviço:

Batalhas de sapateado – Arena Tap in Rio
Dias e horários: 25 e 26 de janeiro, às 19h
Ingressos: R$ 15

Tap in Rio convida: Contracultura
Dia e horário: 27 de janeiro, às 20h
Ingressos: R$ 30 e R$ 15 (meia-entrada)

Ficha técnica:
Concepção, direção geral e roteiro: Manu Lavinas
Direção teatral:  Gabriella Lavinas
Figurino: Manu Lavinas, Gabriella Lavinas e Vanessa Amorim
Cenário: Cris de Lamare
Equipe Galpão ZeroZero: Cris de Lamare, Carolina Barcellos e Gabriel Demartine

Oficina de passinho, com André Oliveira DB
Dia e horário: 27 de janeiro, às 17h
Valor: R$ 30

Carga horária: 1h30
Público-alvo: bailarinos e interessados em dança
Classificação indicativa: de 18 a 40 anos
Vagas: 20
Inscrições: galpaozerozero@gmail.com ou 30 minutos antes do início do evento

Sobre a oficina
O passinho é uma dança que nasceu do funk e se tornou Patrimônio Imaterial da Cidade do Rio de Janeiro. A atividade pretende trazer, para a prática e para a discussão dos alunos, um dos movimentos de contracultura da atualidade. A partir dos passos ministrados no curso, refletiremos sobre arte periférica e o que ela representa para a sociedade. Por que não dar ouvido aos problemas das favelas? A oficina, por meio da dança, se propõe a responder a esta e outras perguntas do gênero.

Local: Teatro Cacilda Becker
Rua do Catete, 338 – Catete
Rio de Janeiro (RJ)
Telefone: (21) 2265-9933