Sala Renée Gumiel apresenta ‘Corpo Sonoro – Estudos’, com Henrique Schuller | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página InicialDançaTodas as notíciasSala Renée Gumiel apresenta ‘Corpo Sonoro – Estudos’, com Henrique Schuller

Sala Renée Gumiel apresenta ‘Corpo Sonoro – Estudos’, com Henrique Schuller

Projeto contemplado no Edital de Espetáculos de Artes Cênicas e Música 2018, é composto por três obras coreográficas que abordam a relação entre música e movimento

Publicado em 28 de março de 2018 Imprimir Aumentar fonte
Corpo Sonoro Foto Heloisa Capasso
Espetáculo 'Corpo Sonoro'. Foto: Heloisa Capasso.

De 6 a 22 de abril, a Sala Renée Gumiel, do Complexo Cultural Funarte SP, recebe o projeto Corpo Sonoro – Estudos, com Henrique Schuller. Contemplado no Edital de Espetáculos de Artes Cênicas e Música 2018, o projeto apresenta curtas temporadas de três obras coreográficas: Chromatismos, O Tornoleiro e o Tempo e Contrabanda. Os espetáculos ficam em cartaz sextas e sábados, às 20h, e domingos, às 17h30. Os ingressos têm preços populares.

Corpo Sonoro-Estudos apresenta três solos que se complementam a partir da relação do movimento com a música, executada ao vivo por Nenem Menezes, Henry Chuang e Neusa de Souza. Chromatismos é um diálogo em cena entre o bailarino e um músico. Schuller parte de uma analogia proposta pelo teórico da dança Rudolf von Laban, que une as escalas cromáticas da música e as escalas espaciais do movimento, resultando em uma dança que altera a percepção de espaço cênico pelo espectador. Em O Tornoleiro e o Tempo, o bailarino pesquisa o processo de transmutação das estruturas musicais, a mutabilidade e o poder de variação das formas corporais, sugerindo uma metáfora entre a dança e a moldagem de peças de argila: uma composição entre o movimento e a manipulação do barro pelo oleiro, a partir do ato primordial do giro. O ritmo gerado pela música impulsiona a interface entre corpo, ambiente, sonoridade e as formas que emergem na dança. Já Contrabanda parte da imagem da fita de Moebius, entendida como mediação entre os processos subjetivos e a emergência das partituras coreográfica e musical no ato de improvisação. A coreografia, que conta com a participação de um bailarino, um violinista e um percussionista, apresenta ainda a relação entre movimento e vocalização, mediados pela figura da contrabanda.

Sobre Henrique Schuller
Pernambucano, mudou-se ainda jovem para o Rio de Janeiro. Integrou a Cia. Regina Miranda de Atores Bailarinos e estudou dança com a coreógrafa Angel Vianna. Sua primeira obra coreográfica, TAO, foi encenada no Teatro Villa Lobos. Com trinta anos de carreira, tem ampla experiência na dança cênica, em atividades acadêmicas e no atendimento como terapeuta do movimento.

Edital de Espetáculos de Artes Cênicas e Música 2018

Sala Renée Gumiel – Complexo Cultural Funarte SP
(Alameda Nothmann, 1058, Campos Elíseos, São Paulo, SP)

Projeto: Corpo Sonoro-Estudos
Ingressos: R$ 40 (meia-entrada: R$ 20) – Cartões não são aceitos
A bilheteria abre uma hora antes do espetáculo.
Duração: 40 minutos. Classificação etária: livre.

Espetáculo: Chromatismos
De 6 a 8 de abril. Sexta e sábado, às 20h, e domingo, às 17h30.

Espetáculo: O Tornoleiro e o Tempo
De 13 a 15 de abril. Sexta e sábado, às 20h, e domingo, às 17h30.

Espetáculo: Contrabanda
De 20 a 22 de abril. Sexta e sábado, às 20h, e domingo, às 17h30.

Ficha técnica:
Criação e Interpretação: Henrique Schuller | Direção coreológica: Henrique Schuller e Talita Leme | Músicos Performers: Nenem Menezes, Henry Chuang e Neusa de Souza | Desenho de Luz (concepção): Mario Cassettari e Melissa Guimarães | Vídeo: Mario Cassettari | Figurinos: Ana Paula Guinle | Fotografia: Heloisa Capasso | Design do material de divulgação: A+A Design e Produção | Textos do programa/revisão: Henrique Schuller, Josafá Filho e Talita Leme | Textos do espetáculo Contrabanda: O grande bode está morto, de Gilles Deleuze, no posfácio do livro Sexta-feira, ou Os limbos do pacífico, de Michel Tournier | Técnico de som: Henry Chuang | Técnico de luz: Mario Cassettari | Produção: Henrique Schuller, Josafá Filho, Talita Leme e Clareia Produtora | Realização: Clareia Produtora.

Mais informações:
(11) 3662-5177
(11) 3822-5671 (bilheteria – abre uma hora antes do espetáculo)
funartesp@gmail.com