Grupo de Dança 1º Ato apresenta ‘Tecendo Encontros’, em Minas | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página InicialDançaTodas as notíciasGrupo de Dança 1º Ato apresenta ‘Tecendo Encontros’, em Minas

Grupo de Dança 1º Ato apresenta ‘Tecendo Encontros’, em Minas

Abertura da programação é com a estreia do espetáculo "Só um pouco a.normal", no dia 23 de agosto

Publicado em 19 de agosto de 2013 Imprimir Aumentar fonte
Pó de Nuvens – Foto: Divulgação
Pó de Nuvens – Foto: Divulgação

O grupo de dança 1º Ato apresenta a 3ª edição de Tecendo Encontros, de 23 de agosto a 1º de setembro, em Nova Lima e Ibirité, em Minas Gerais. O projeto, que tem como objetivo promover o diálogo entre companhias, grupos, artistas independentes e população, permite aos participantes a oportunidade de compartilhar e vivenciar uma experiência única, na qual artistas de diferentes estilos e linguagens poderão interagir, promover residências, construir novas parcerias e abrir portas para novos espetáculos.

A programação intensa e diversificada inclui apresentações de espetáculos, oficinas técnicas e artísticas gratuitas. Além de promover a capacitação, os seminários estimulam o aquecimento de um mercado carente de profissionais mais preparados e especializados. Para a diretora artística do grupo, Suely Machado, o ponto mais importante é a chance de participantes e dançarinos se abrirem para um novo universo, serem atuantes em um processo que busca a interseção de linguagens. “A oportunidade única de cada encontro está na possibilidade de abrir as fibras dos nossos tecidos, criando novas tramas, flexibilizando ações, ampliando ideais e descobrindo novos horizontes”, explica Suely.

A abertura do programa fica por conta da apresentação do espetáculo inédito Só um pouco a.normal, nos dias 23, 24 e 25 de agosto, no Espaço de Acervo e Criação Compartilhada (EACC). Wagner Moreira assina a concepção e a coreografia, e faz uma imersão nas nuances da loucura e seus aspectos.

Fruto de uma tese de mestrado defendida na Alemanha, Wagner buscou inspiração no Hospital Colônia de Barbacena (MG), sua cidade natal, onde em quase oito décadas, mais de 60 mil pessoas perderam suas vidas, pois viviam em condições degradantes comparadas às de campos de concentração nazistas. O lugar tornou-se o destino de homossexuais, militantes políticos, mães solteiras, alcoólatras, mendigos, negros, pobres, pessoas sem documentos e todos que a sociedade da época considerava “indesejável”. Para conceber a coreografia, ele buscou referência em histórias contadas por familiares, vizinhos e toda a cidade, que convivia de perto com fugitivos do hospital. “Era muito comum moradores encontrarem pacientes uniformizados nas ruas em plena fuga”, conta.

A montagem é totalmente intimista e foi elaborada para apresentações restritas para, no máximo, cem pessoas. Dessa forma, o público vê de muito perto a atuação dos bailarinos Lucas Resende, Pablo Ramon, Vanessa Liga e Verbena Cartaxo, em cenas que se desenvolvem, mas não se dissipam, onde o fio condutor é a instabilidade. O coreógrafo explica que a ideia não é discutir uma patologia, mas transformar a fragilidade humana em poesia. “Quem pode dizer o que é normal e anormal? A intenção é colocar plateia e elenco em estado de fragilidade, jogar com as sensações, trazer à tona conflitos internos”, define Wagner.

A obra utiliza elementos que remetem ao sofrimento de quem viveu atrás das grades do Hospital Colônia. Entre eles, a água, no contexto em que, para matar a sede, os internos bebiam água de esgoto; as pétalas de rosas vermelhas em cena fazem uma alusão ao sangue daqueles que morreram; já o som de tiros substitui os choques elétricos que eram utilizados como forma de tratamento.

“Tecendo Encontros” também contará com a performance de Pequenos Atos de Rua, de 2011, e Pó de Nuvens, de 2012. A realização do projeto só foi viável através de recursos obtidos pelo Prêmio Cena Minas 2012, Prêmio Funarte Petrobras de Dança Klauss Vianna 2012 e Fundo Estadual de Cultura.

Sobre Suely Machado:

Mineira, graduou-se em Psicologia pela PUC – MG, com especialização em Coreoterapia e Psicomotricidade. Bailarina e coreógrafa formada em Dança Moderna, participou de cursos com expoentes da dança nacional e internacional. Encontrou inspiração artística na família reunida em torno do piano e do violão, e também em professores e artistas, como Isabel Santa Rosa, Jairo Sette, Bettina Bellomo, Pina Bausch, Les Ballets C de la B e Aderbal Freire Filho.

Sobre Wagner Moreira:

Nascido em Barbacena (MG), iniciou seus estudos em dança em 1991 em sua cidade, onde posteriormente fundou e dirigiu o Núcleo de Dança Barbacena. Formou-se em 2001, como professor registrado pela escola inglesa Royal Academy of Dance- London, sendo um dos primeiros professores credenciados da região. Como bailarino contemporâneo atuou por sete anos na Cia AME de Dança, alcançando prêmios nos principais festivais de dança do Brasil. De 1998 a 2002, trabalhou como preparador corporal e coreógrafo do Grupo Ponto de Partida. Desde 2003, reside na Alemanha e trabalha como bailarino, professor e coreógrafo. Em julho de 2012, concluiu o curso de mestrado em coreografia na Palucca Hochschule für Tanz Dresden. Em 2012, Wagner Moreira recebeu o Prêmio DAAD – Serviço Acadêmico de Intercâmbio Alemão pelo destaque acadêmico e pela integração intercultural em universidades alemãs.

Programação completa:

Só um pouco a.normal
Concepção e coreografia: Wagner Moreira

Dias 23, 24 e 25 de agosto
Sexta, 21h; sábado, 20h e domingo 17h.

Local: EACC – Rua Búfalo, 261, Jardim Canadá – Nova Lima (MG)

Ingressos: R$20 (inteira), R$10 (meia- entrada).
* À venda no Primeiro Ato Cidade Jardim e no Primeiro Ato EACC.

Aula inaugural – Oficinas técnicas e artísticas com Suely Machado

Data: 26 a 30 de agosto
Local: EACC – Rua Búfalo, 261, Jardim Canadá – Nova Lima

As oficinas são gratuitas.

Apresentação espetáculo Pequenos Atos de Rua (2011)

Data: 30 de agosto (sexta)
Horário: 10h
Local: Praça da Estação – Ibirité

Entrada gratuita

Apresentação espetáculo Pó de Nuvens (2012)

Data: 31 de agosto e 1º de setembro
Sábado, 20h e domingo, 19h

Local: Teatro do Centro Educacional de Ibirité
Rua Silveira, 47, Centro – Ibirité

Entrada gratuita
(os alunos serão convidados a acompanhar os ensaios)

Programação oficinas

26 de agosto: Aula inaugural com direção de Suely Machado
Horário: 18h às 22h | Local: EACC – Nova Lima – MG

27 de agosto: Oficina de sonorização com Fabricio Galvani
Horário: 18h às 22h | Local: EACC – Nova Lima – MG

28 de agosto: Oficina de iluminação com Elias do Carmo
Horário: 18h às 22h | Local: EACC – Nova Lima – MG

29 de agosto: Oficina de cenotécnica com Roberto Duque
Local: EACC – Nova Lima – MG

27, 28 e 30 de agosto: Oficina de produção com Regina Moura
Horário: 19h às 21h30 | Local: EACC – Nova Lima – MG

26 e 28 de agosto: Oficina do gesto com Suely Machado
Local: EACC – Nova Lima – MG

30 de agosto: Oficinas luz e cenário
Horário: períodos manhã e tarde | Local: Ibirité

30 de agosto: Oficina sonorização
Horário: período da noite (preparação do espetáculo Pó de Nuvens) | Local: Ibirité

31 de agosto e 01 de setembro: Apresentação do espetáculo Pó de Nuvens
(os alunos serão convidados a acompanhar os ensaios)

As oficinas são gratuitas e as inscrições podem ser feitas no site http://primeiroato.com.br/tecendo-encontros

Mais informações

producao@primeiroato.com.br
(31)3296.4848