Festival MID traz ao DF artistas de vários países | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página InicialDançaTodas as notíciasFestival MID traz ao DF artistas de vários países

Festival MID traz ao DF artistas de vários países

Contemplado no programa Iberescena, representado no Brasil pela Funarte, Movimento Internacional de Dança traz 15 atrações estrangeiras e 19 nacionais

Publicado em 13 de abril de 2018 Imprimir Aumentar fonte
“Palco Aberto”. Foto: divulgação
“Palco Aberto”. Foto: divulgação

Festival ocupa vários espaços da Capital Federal, inclusive a Funarte – que recebe espetáculos nos dias 18 e 28

De 13 a 29 de Abril, o Movimento Internacional de Dança – MID 2018, festival contemplado no programa Iberescena – cuja representante no Brasil é a Funarte –, traz espetáculos, oficinas, aulas, debates, residências e rodadas de negócios a diversos espaços culturais do Distrito Federal, inclusive a Funarte Brasília. Há atividades gratuitas, ou a preços populares.

Numa reunião de vários estilos de dança, o MID apresenta 34 atrações, sendo 15 delas internacionais e renomadas, de quatro continentes, da França, Itália, Espanha, Eslovênia, Israel, Congo, Colômbia, Argentina, Costa Rica e Cuba, e 19 artistas ou grupos brasileiros. O festival tem como característica principal a diversidade, com espaço para dança contemporânea, urbana, de salão, sapateado e solos, em espetáculos para adultos e crianças.

A Funarte Brasília recebe apresentações do evento nos dias 18 e 28.

A programação acontece no mês em que são comemorados o aniversário de Brasília, dia 21, e o Dia Internacional da Dança, no 29. Tem patrocínio do Iberescena (representado pela Funarte/Ministério da Cultura), do Banco do Brasil, do Governo de Brasília, da Secretaria de Cultura do DF, da Embaixada da França no Brasil e do Instituto Francês do Brasil. O festival é realizado pelo Instituto Bem Cultural, Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) e Governo Federal.

O programa foi idealizado por Sérgio Bacelar, também seu diretor, e por Sérgio Maggio, que fez a curadoria nacional, juntamente com Gisele Rodrigues e Yara de Cunto. As coregrafias internacionais tiveram a curadoria de Sérgio Bacelar e Cristiane Castro, com colaboração de Annita Mathieu e Christine Paly.

Compõem a programação oito oficinas, seis aulas de dança, duas mesas de debate, uma residência artística, batalha de “breaking” e uma ação educativa, além de rodadas de negócios e bate papos .

O MID 2018 faz duas homenagens a figuras consideradas muito importantes para a dança e para o desenvolvimento da cultura brasileira: Yara de Cunto e Jean Pascal Quiles.

Alguns espetáculos com ingressos a R$ 10 a meia entrada. A programação completa pode ser conferida em www.movimentoid.com.br

Abertura

​Para a pauta de abertura, no Centro Cultural Banco do Brasil – Brasília, nos dias 13 e 14, será apresentada a coreografia Lub Dub, do Balé do Teatro Castro Alves (Salvador – BA). O espetáculo muito elogiado pela crítica em 2017, une o universo afro-brasileiro com a cultura oriental do seu criador, o sul coreano Jae Duk Kim. A programação do primeiro fim de semana traz, no sábado (14), Um indivíduo qualquer, da Foco Cia. de Dança e Suit a 4 mãos, do Corpo de Baile Noara Beltrami. Ambas do DF, no Teatro Newton Rossi – SESC Ceilândia. O espetáculo infantil Eufonia, da Cia. dos Pés, de São Paulo, será apresentado, no domingo, no CCBB.

Espetáculos Internacionais

A programação Internacional inédita tem como destaque os espetáculos franceses Boomerang, para toda a família, o infantil Partituur e o adulto Black belt. Compõem a agenda latino-americana os espetáculos espanhóis And that’s why i’m here today e I Leave the lights on. Na pauta estão os argentinos Isadora Sur e Acto Blanco; o colombiano Super Tejido Limbo; e Sordito, da Costa Rica. O Red Belt representa Israel. Já a programação dos Solos de Stuttgart, da Alemanha, encena trabalhos premiados de artistas da França, do Congo, da Itália, da Espanha e da Eslovênia.

Espetáculos do DF

Completam a programação do DF o espetáculo Eros; a performance Sacolas na cabeça; e as peças de média duração Flecha, Frango e Corpo Afeto, bem como as apresentações de curta duração Teoria, Klepsydra, Nas trilha do manguezal, La Columbia, 50 Tons de cinza, Resiliência, Socialize, Eu e os homens de verdade e Massa Charme.

Batalha de “breaking”

A Batalha de “breaking”, atração já tradicional no MID, reúne dançarinos de todo o país. Ela terá sua eliminatória no JK Shopping, no dia 20 de abril, e a final no CCBB, no dia 21.

Atividades Paralelas gratuitas

Seis aulas de dança serão ministradas para crianças, jovens e adultos, sempre aos sábados, no CCBB. No instituto Federal de Brasília haverá duas mesas de debates, oito oficinas de qualificação profissional para dançarinos, atores e técnicos.

Festa Oficial

A festa oficial do MID Vem dançar com a gente! será no dia 21 de abril, no CCBB. terá programação variada, com coreografias de curta duração, “black music”, sob o comando da DJ Doona, “food trucks” e promete botar todos para dançar. Neste dia teremos a abertura da importante exposição “Retrospectiva Jean-Michel Basquiat”.

Ação educativa

Nesta edição, a ação de formação do MID apresenta o espetáculo Eufonia, para 500 estudantes com deficiência intelectual e para 49 profissionais da educação da rede pública de ensino brasiliense. A estrategia da ação foi realizar de três encontros de formação e troca de conhecimentos pedagógicos entre os professores participantes; e de uma experiência com um material didático, criado com exclusividade para o espetáculo. Ele é inspirados pelo ciclo biológico da cigarra e pelas fábulas que usam o inseto como metáfora. Na peça, “buscou-se expandir os limites da cena e abordar a ida ao teatro como uma ferramenta de sala de aula”, além de fazer um passeio pela natureza de Brasília – especialmente em setembro, quando caem as primeiras chuvas e nascem as cigarras. As apresentações terão audiodescrição.

Homenagens

O MID 2018 faz duas homenagens a figuras consideradas muito importantes para a dança e para o desenvolvimento da cultura brasileira: Yara de Cunto e Jean Pascal Quiles. Diz a produção do MID: “Yara é uma das maiores agitadoras culturais da dança do Brasil. No Rio de Janeiro, no anos 60, trabalhou com Tônia Carrero e Margarida Reis, Adolf Celi, Rubens Corrêa Madame Henriette Morineau e fez participações na extinta TV Tupi. Além disso, fundou o Balé do Teatro Guaíra, em Curitiba (PR). Chegou na capital federal na década de 1970 e foi dar aulas na UnB fugindo do clássico e se aproximando cada vez mais do movimento livre e autoral foi quando surgiu o grupo Asas & Eixos, que serviu de norte para cultura da dança contemporânea no DF.

O músico, concertista e diplomata Jean Pascal Quiles é especialista em políticas públicas culturais, empreendedorismo cultural e economia criativa. O adido cultural da França, que está no Brasil desde de 2014 e agora se despede de Brasília para seguir em nova missão”.

Rodada de Negócios

Seis programadores de importantes festivais de dança, quatro do Brasil e dois da América Latina, acompanharão as apresentações e assistirão a ensaios abertos de outros espetáculos de Brasília.

Movimento Internacional da Dança (MID) – 2018

De 13 a 29 de abril de 2018

Contemplado no Fundo de Ajuda para as Artes Cênicas Ibero-americanas (Iberescena)

Locais:

SESC Taguatinga – Espaço Cultural Paulo Autran
CNB 12 área especial 2/3, Taguatinga Norte – (61) 3445-9150

SESC Ceilândia – Teatro Sesc Newton Rossi
QNN 27, lote B, Ceilândia Norte – (61) 3379-9526

SESC Gama – Teatro Paulo Gracindo
Setor Leste Industrial, Lotes 620, 640, 660 e 680 – (61) 3484-9103

JK Shopping
Av. Hélio Prates – QNM 34 – Área Especial 01 – M-Norte
Te.: (61) 3246-8601

Instituto Federal de Brasília – IFB (Campus Brasília)
Quadra 610 – Asa Norte – (61) 2103-2100

Complexo Cultural Funarte – Teatro Plínio Marcos
Eixo Monumental – Setor de Divulgação Cultural, Lt 2 – (Entre a Torre de TV e o Clube do Choro) – (61) 2099-3080

Preços: R$ 10 (meia entrada) e gratuito* (a depender da programação).

Para os espetáculos realizados na Funarte as vendas serão realizadas no dia apresentação a partir das 16h

Teatro Dulcina de Moraes
SDS – CONIC – Bloco C N°. 30/64 Edifício FBT
Tel.: (61) 33224147

Centro Cultural Banco do Brasil – CCBB
Setor de Clubes Esportivos Sul (SCES) Trecho 2
Tel.: (61) 3108-7600
Preços: R$ 10 (meia entrada) e gratuito* (a depender da programação).
Para os espetáculos realizados no CCBB haverá vendas pelo site www.eventim.com.br e na Bilheteria do CCBB, de Terça a domingo, das 9h às 21h
* Senhas distribuídas com 1 hora antes da apresentação.

Este projeto é realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura – FAC da Secretaria de Cultura do Governo de Brasília, do Banco do Brasil e do Instituto Francês do Brasil.

Parceria: Vivadança Festival Internacional.

Apoios: Embaixada de Israel, Instituto de Artes de Bogotá, Instituto Cervantes, SESC / DF, Instituto Federal de Brasília, Raruti – Comunicação e Design, 70mm – Escola de Criação em Audiovisual; Gráfika Papel e Cores e JK Shopping.

A programação completa pode ser conferida em: www.movimentoid.com.br

Mais informações: movimentoid2018@gmail.com