Início do conteúdo
Notícias Espetáculo de dança ‘In(in)terrupto’, contemplado no Iberescena, faz curta temporada no Rio

Funarte Notícias

Publicado em 15 de junho de 2018

Espetáculo de dança ‘In(in)terrupto’, contemplado no Iberescena, faz curta temporada no Rio

A Funarte, como representante do Brasil no Fundo de Ajuda para as Artes Cênicas Ibero-americanas, apoia o projeto

Espetáculo de dança ‘In(in)terrupto’, contemplado no Iberescena, faz curta temporada no Rio Montagem de dança no Sesc – Divulgação

A montagem In(in)terrupto estreia na próxima quinta-feira, dia 21 de junho, às 19h, no Sesc Ginástico, no Centro do Rio. O projeto foi contemplado no programa Iberescena 2018 – Apoio à Coprodução de Espetáculos Iberoamericanos de Artes Cênicas. A Funarte é a instituição que representa o Brasil no programa, composto por 14 países. As apresentações são realizadas de quinta a sábado, às 19h, e domingo, às 18h. O espetáculo fica em cartaz até o dia 24 de junho, com ingressos a preços populares.

A peça é dirigida pelo coreógrafo Renato Cruz. “O corpo, tal qual uma máquina, é cada vez mais exigido, porém, se antes o controle se exercia de forma externa em uma sociedade disciplinar, agora, ele cede cada vez mais a pressões internas”, afirma o diretor. In(in)terrupto é a segunda parte da trilogia sobre o tempo composta pelas obras Non Stop, encenada em 2015, e Contrafluxo, prevista para estrear em 2019. A montagem propõe uma discussão sobre o poder, o controle e a noção de corpo enquanto mercadoria.

Em In(in)terrupto questões tais como: “Quais são as peças da engrenagem que detêm o controle sobre os corpos e sobre a vida em nossa sociedade atualmente?” e “Que mecanismo é esse que decide o caminho da maioria e age como uma cela escura que te contém por dentro, borrando a visão e fazendo desaparecer a alteridade e a estranheza? vão emergir durante a apresentação coreográfica.

“A pressão por desempenho, a pressão por produção parecem ser os novos elos da corrente que nos une e nos transforma em agressores e vítimas, tudo ao mesmo tempo. Parar, resistir, permanecer. Para depois seguir. Inevitável é desfazer o equívoco desta ‘liberdade coercitiva’, diagnosticada pelo filósofo Byung-Chul Han. O sujeito é juiz e algoz de sua própria condição, numa sociedade caracterizada pelo excesso de estímulos, informações e impulsos”, reflete o criador da montagem, o bailarino Renato Cruz.

Serviço:

Espetáculo de dança In(in)terrupto
Temporada: de 21 a 24 de junho
Dias e horários: quinta a sábado, às 19h, e domingo, às 18h
Ingressos: R$ 30 (inteira), R$ 15 (meia) e R$ 7,50 (associados Sesc)
Atenção: entrada gratuita para estudantes de Artes Cênicas com documentação válida.

Ficha Técnica:

Direção geral, concepção e coreografia: Renato Cruz
Assistente de direção e preparação corporal: Aline Teixeira
Direção de produção: Steffi Vigio
Produtora local na Colômbia e nos ensaios: Diana Carolina Palacio
Intérpretes criadores (Cia Híbrida): Daniel Oliveira, Fábio de Andrade, Jefte Francisco, Luciana Monnerat, Luciano Mendes, Luidy Trindade, Raphael Lima e Renann Fontoura
Intérpretes criadores (Grupo D.A.D): Jorge Adrian Velásquez, Cristian David Suarez e Iván Camilo Vargas
Iluminação: Renato Machado
Pesquisa sonora: Aline Teixeira
Design gráfico: Isabela Schubert
Fotografia: Renato Mangolin

Integrantes brasileiros do projeto:
Direção artística: Renato Cruz da Silveira
Assistente de direção: Aline Teixeira
Direção de produção: Steffi Vigio
Intérpretes criadores (Cia Híbrida): Daniel Oliveira, Fábio de Andrade, Jefte Francisco, Luciana Monnerat, Luciano Mendes, Luidy Trindade, Raphael Lima e Renann Fontoura
Iluminação: Renato Machado
Design gráfico: Isabela Schubert
Fotografia: Renato Mangolin

Integrantes colombianos do projeto:
Produtora local na Colômbia e nos ensaios: Diana Carolina Palacio
Intérpretes criadores (Grupo D.A.D): Jorge Adrian Velásquez, Cristian David Suarez, Iván Camilo Vargas

Local: Teatro Sesc Ginástico
Av. Graça Aranha, 187
Centro – Rio de Janeiro (RJ)
Tel.: (21) 2279-4027

Montagem foi contemplada no programa Iberescena 2018 – Apoio à Coprodução de Espetáculos Iberoamericanos de Artes Cênicas