Em curta temporada, espetáculo de dança ‘Nada mais é’ chega à Funarte MG | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página InicialDançaTodas as notíciasEm curta temporada, espetáculo de dança ‘Nada mais é’ chega à Funarte MG

Em curta temporada, espetáculo de dança ‘Nada mais é’ chega à Funarte MG

Montagem procura desconstruir os estereótipos do machismo, da intolerância religiosa e do racismo

Publicado em 12 de setembro de 2017 Imprimir Aumentar fonte
Espetáculo ‘Nada mais é’ – Divulgação
Espetáculo 'Nada mais é' (Divulgação)

A Laia Cia. de Danças Urbanas leva o espetáculo Nada mais é ao palco da Funarte MG a partir desta quinta-feira, dia 14, e fica em cartaz até domingo, dia 17 de setembro. Sempre às 20h, com ingressos a preços populares de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), a montagem tem como bases: desmantelar costumes, desprender das formas e redescobrir-se por intermédio das próprias ruínas e assim, malear os corpos e os pensamentos cristalizados. A ideia principal é a desconstrução de três pilares sociais que alicerçam nossa formação enquanto indivíduos e que nos afetam desde a infância: o machismo, a crença religiosa (quando essa cerceia nossa liberdade) e o racismo. A Funarte MG fica na Rua Januária, 68, no Centro, Belo Horizonte (BH).

Segundo o diretor Victor Alves, Nada mais é define-se como algo mais simples do que se possa imaginar e molda as diferentes tradições. “A proposta é falar de desconstrução, porém sem retratar o óbvio, ou situações que acreditamos que devem ser abandonadas. O exercício é de aceitar o novo, as mudanças. Não é fácil”, ressalta o coreógrafo. A montagem é resultado de uma imersão em memórias, valores, tradições e crenças e ainda, nas construções sociais e culturais que moldam e condicionam as formas de pensar e agir de um indivíduo em sua sociedade.

O trabalho com os dançarinos também foi bem intenso, como explica Victor. “Para tratar do tema desconstrução, o elenco fez alguns mergulhos especialmente nas experiências da infância e adolescência, buscando entender melhor como nos formamos, como respondemos às referências afetivas de cada um e como nossos questionamentos frente aos alicerces sobre os quais fomos construídos, posteriormente, seriam transformados em dança”, diz o diretor.

Serviço:

Espetáculo de dança Nada mais é, da Laia Cia. de Danças Urbanas

Duração: 55 minutos
Classificação indicativa: livre

Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

Ficha Técnica:
Direção: Victor Alves
Assistente de direção: Meibe Rodrigues
Dramaturgia: Marcelo Oliveira
Coreografia: Criação colaborativa
Elenco: Angie Kettanny, Fabiana Santos, Igor Arvelos, Roberland Martins, Victor Alves e Warley Martins.
Luz: Ricardo da Mata / Alexandre Figueiredo
Texto 1: Meibe Rodrigues
Texto 2: Marlos Gomes
Trilha sonora: Vic Alves, Danilo Baurog e Ronilson Silva
Figurino: Fabiana Santos e Patrícia Santos
Fotografia / Peça de divulgação: Fernanda Abdo
Produção: Victor Alves e Fernanda Abdo

Local: Funarte MG
Rua Januária, Nº 68 Centro – Belo Horizonte (BH)