Início do conteúdo
Notícias ‘Still Reich’ está em cartaz no Teatro Cacilda Becker, no Rio

Funarte Notícias

Publicado em 27 de novembro de 2018

‘Still Reich’ está em cartaz no Teatro Cacilda Becker, no Rio

Com mais uma peça incluída, espetáculo da Focus Cia. de Dança fica em cartaz até 16 de dezembro, de quinta a sábado, às 20h, e aos domingos, às 18h

‘Still Reich’ está em cartaz no Teatro Cacilda Becker, no Rio

A Focus Cia de Dança está de volta ao palco do Teatro Cacilda Becker, na Zona Sul do Rio, a partir desta quinta-feira, dia 29 de novembro. A nova temporada marca a estreia de Wood Steps, peça inédita de Still Reich. A montagem reúne, em um programa único, peças compostas a partir de músicas do compositor contemporâneo americano, Steve Reich. Neste novo espetáculo, serão apresentadas quatro de suas obras: Pathways (2008), Trilhas (2010) e Keta (2018) – já exibidas na montagem anterior – e Wood Steps, em sua estreia nacional. Still Reich fica em cartaz até 16 de dezembro, de quinta a sábado, às 20h; e domingo, às 18h. Os ingressos custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada). A direção, concepção e coreografia são de Alex Neoral.

Em Wood Steps, a inspiração vem da vida nômade: pessoas que moram no “mundo” e fazem de seus pés as suas casas. O trabalho utiliza a percussão dos pés para criar ritmos e marcações para a obra Proverb, de Reich, onde a escrita coreográfica ganha o solo, explorando uma movimentação pesada e inusitada, fortificando a relação com o chão que se pisa. A metáfora do sapato, que possibilita ir mais longe e nele guarda muitas histórias de quem o usa.

Pathways, com a canção Music for Pieces of Wood, traz em sua construção uma síntese da linguagem da Focus e o desafio de criar uma nova obra a partir de trechos preexistentes. Apresentado inicialmente em Stuttgart, na Alemanha, o trabalho foi elogiado pelo público e pela crítica, tendo sido remontado para o CityDance Ensemble, hoje Company E, de Washington (EUA).

Trilhas é um extrato do espetáculo Ímpar, que aborda o instante e a partícula do momento que pode e muda o seguinte. Na fisicalidade, Neoral construiu a coreografia inspirado em fugas, escapadas e corridas, assim, como na música Different Trains – After the War, há traços de tensão. Ambos os trabalhos já foram apresentados na Alemanha, França, Itália, Panamá, além de inúmeras cidades brasileiras.

Keta, espetáculo recente da companhia, significa terceiro em Iorubá. Reich compôs Drumming, música da peça, em uma viagem que fez à Gana, na África. Esse universo tribal e ritualístico, de alguma forma, é levado para a cena    através de uma construção coreográfica veloz, viva e orgânica, mostrando corpos em  sua maxima potência em um trabalho vigoroso e ao mesmo tempo humano. Keta recebeu três indicações ao Prêmio Cesgranrio de Dança (Melhor coreografia, Melhor bailarino/Marcio Jahú e Melhor bailarina/Carolina de Sá).

Segundo Alex Neoral, Still Reich, que significa ‘ainda Reich’, é como se o compositor ainda continuasse o inspirando. Passados dez anos, desde a primeira peça que criou com músicas dele, novamente o coreógrafo se inspira em suas canções para a concepção de uma nova obra. “O espetáculo apresenta peças coreográficas que se assemelham muito às composições de Reich, que apresentam um fascínio pela combinação, pela questão abstrata, que vira uma música, assim como as coreografias, que combinam gestos aleatórios, criando universos a partir disso, sem um assunto preexistente”, explica Neoral.

Sobre a Cia

Com 20 obras e 10 espetáculos em seu repertório, a Focus Cia de Dança  se consagrou através da crítica especializada e do sucesso junto ao público. Apresentou-se em mais de 90 cidades brasileiras e levou sua arte para países como Bolívia, México, Costa Rica, Canadá, Estados Unidos, Portugal, Itália, França, Alemanha e Panamá. Em 2018, participou do filme Eduardo e Mônica, com lançamento previsto para 2019. Em 2017, se apresentou na última edição do Rock In Rio, ao lado de Fernanda Abreu. Em 2016, recebeu a Ordem do Mérito Cultural, a maior condecoração concedida pelo Ministério da Cultura. Com As canções que você dançou pra mim, que se aproxima da marca de 300 apresentações, recebeu diversas indicações a melhor espetáculo do ano, por sua criatividade e originalidade. Em 2012, foi escolhida, através da seleção pública do Programa Petrobras Cultural, a receber patrocínio durante três anos para o desenvolvimento de suas atividades, dando início a uma parceria de manutenção que segue até hoje. Foram mais de 120 mil espectadores que ficaram encantados com a poesia e a capacidade técnica lapidadas nas coreografias inovadoras de Alex Neoral e nos movimentos precisos de seus bailarinos.

Atualmente, integram seu elenco os bailarinos Alex Neoral, Carolina de Sá, Cosme Gregory, José Villaça, Marcio Jahú, Marina Teixeira, Monise Marques e Roberta Bussoni.

Ficha Técnica
Direção, concepção e  coreografia: Alex Neoral
Com: Alex Neoral, Carolina de Sá, Cosme Gregory, José Villaça, Marcio Jahú, Marina Teixeira, Monise Marques e Roberta Bussoni
Iluminação: Binho Schaefer
Técnico de Iluminação: Anderson Ratto
Figurinos: Alex Neoral e Mônica Burity
Visagismo: André Vital
Assessoria de Imprensa: Daniella Cavalcanti
Fotos: Fernanda Vallois, Manu Tasca e Paula Kossatz
Programação  Visual: Infinitamente  Estúdio de Criação
Direção de Produção: Tatiana Garcias
Produção Executiva: Dayana Lima

Serviço

Still Reich – Focus Cia de Dança

Temporada: de 29 de novembro a 16 de dezembro
Horário: quinta a sábado, às 20h | domingo, às 18h

Ingressos: R$ 40 (inteira) | R$ 20 (meia) – pagamento somente em dinheiro

Bilheteria: quarta a domingo, das 14h às 20h30

Classificação   indicativa: 14 anos
Duração: 65 minutos

Obs.: Desconto de 50% na compra de até dois ingressos para a força de trabalho da Petrobras (mediante apresentação do crachá) e para clientes do Cartão Petrobras (mediante apresentação do cartão)

Teatro Cacilda Becker
Rua do Catete, 338 – Catete – Rio de Janeiro (RJ)
Telefone: (21) 2265 9933