I Bienal da Escola Nacional de Circo apresenta espetáculos de jovens artistas | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página InicialCircoTodas as notíciasI Bienal da Escola Nacional de Circo apresenta espetáculos de jovens artistas

I Bienal da Escola Nacional de Circo apresenta espetáculos de jovens artistas

Trabalhos completam a formação do Curso Técnico em Artes Circenses, agora reconhecido pelo MEC. Instituição da Funarte também comemora 35 anos de criação

Publicado em 16 de maio de 2017 Imprimir Aumentar fonte
Post_18.05_I Bienal da Escola Nacional de Circo
Banner - Programação Visual Funarte

A Fundação Nacional de Artes realiza, entre os dias 13 e 20 de maio, a I Bienal da Escola Nacional de Circo – instituição mantida pela Funarte no Rio de Janeiro (RJ). O evento marca a formação de dois anos do Curso Técnico em Artes Circenses, que passa a ser reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). O curso é resultado da parceria entre a ENC -Funarte e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ). A programação da Bienal é aberta ao público, tem entrada franca e se desenvolve nas dependências da Escola, na Rua Elpídio Boamorte, s/nº, na Praça da Bandeira, na região central da cidade.

No dia 13 de maio, uma cerimônia especial e um espetáculo de abertura da I Bienal da ENC também comemoraram  os 35 anos de fundação da Escola Nacional de Circo. Os 54 alunos da turma do Curso Técnico em Artes Circenses levam ao picadeiro oito espetáculos. Eles complementam o processo criativo desenvolvido dos alunos ao longo do semestre, sob a direção geral de Roberto Magro, com direção de arte de Pedro Paulo Arruda e direção musical de D´Alessandro Moreira. Além dos números, serão apresentados os projetos de pesquisa circense, orientados pelos professores da ENC durante todo o curso.

No último dia do evento, 20 de maio, às 18h30, haverá o lançamento do livro Fascínio Circense, Arte e Pedagogia na Escola Nacional de Circo, do pesquisador e professor Claudio Alberto dos Santos, publicado com o apoio do Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo e da Bolsa Faperj. Claudio Alberto atualmente também coordena os Cursos de Teatro da Universidade Federal de São João Del Rey (MG). O estudioso concluiu, em 2015, o Pós-doutorado Sênior em Artes Cênicas (UniRio), intitulado Artes do Circo – pedagogias atuais, origens ancestrais.

Paralelamente, a Bienal também cumpre um importante papel: a Escola Nacional de Circo/Funarte irá mostra à comunidade circense e à sociedade os resultados do investimento público na formação de artistas de circo – parte da missão institucional da ENC.

A I Bienal marca os 35 anos de fundação da Escola Nacional de Circo. Instituição de ensino, pesquisa e extensão, a Escola, ao longo de toda a sua história, promoveu e difundiu as artes circenses em suas mais variadas formas. Ao longo desse período, várias instituições colaboraram de diferentes maneiras para a construção deste processo de formação, entre as quais: Unicamp (São Paulo/Brasil), Instituto Francês, Unsam (Argentina), Escuela de Artes Urbanas Rosario (Argentina), El Circo Del Mundo (Chile), Circo Social do Equador (Equador), Escola de Circo do Canadá (Canadá), National Centre for Circus Arts (Inglaterra), Escola La Carampa de Circo (Espanha), Escola Superior de Arte do Circo/ESAC (Bélgica), Pólo de Circo Mediterrâneo Creac/Archaos (França), Pólo de Circo Jules Verne/ Escola de Circo de Amiens (França), Academia Fratellini, Pólo de Toulose La Granerie (França),  Swissnex Brazil (Suiça), Haute Ecole de Musique Lausanne HEMU (Suiça), Sarabamda Associazione (Itália), Escola de Circo Vertigo (Itália), FLIC Scuola Di Circo Torino (Itália), Cirque du Soleil, Fundação Cultural de Campo Mourão/Fundacam (Paraná/Brasil), Circo Crescer e Viver (Rio de Janeiro/Brasil), Associação Toledana de Circo/Festival Nacional de Circo Social (Paraná/Brasil), Escola de Circo de Londrina (Londrina/Brasil), Zircus Espaço Cultural (Paraná/Brasil) e Circo Escola Tapias Voadores (São Paulo/Brasil).

Dois dias depois de a Funarte comemorar o aniversário da Escola Nacional de Circo, faleceu Luiz Olimecha, que fundou a ENC, juntamente com Orlando Miranda. O artista circense, ator, autor e diretor morreu na segunda-feira, 15 de maio, aos 75 anos, no Rio. Trapezista, palhaço, acrobata e muiti-artista circense, um autêntico mestre do circo, que realizou praticamente todas as atividades desempenhadas nessa área, Olimecha foi homenageado pela Fundação, na notícia cujo link está abaixo.

Sobre o Curso Técnico em Artes Circenses

Em 2015, o Curso Técnico em Artes Circenses da Escola Nacional de Circo foi reconhecido pelo Ministério da Educação, através da Resolução nº 11 de 2 de abril de 2015 do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (em virtude de um convênio firmado entre essa instituição e a Funarte). O curso é oferecido na modalidade presencial e integral, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, nas dependências da Escola. O aluno deve, além de manter uma frequência mínima obrigatória, ter avaliação de rendimento satisfatória, ficar à disposição da Escola nos fins de semanas e feriados, para representar a entidade em eventos.

I Bienal da Escola Nacional de Circo

Programação completa

Dia 13 de maio, sábado, às 19h30

. Cerimônia de abertura da I Bienal da Escola Nacional de Circo
. Espetáculo de comemoração dos 35 anos da ENC
Dia 14 de maio, domingo, às 19h30

. Apresentação das pesquisas dos alunos – Com Alain Prada, Alexandre Nascimento, Christian Naigua, Laura Calfuquir, Joana Brant, Marcella Collares, Norrana Hadassa, Sofia Ferrari, Rafaela Oliveira, Roberto Freitas, Roberto Freitas e Fernando Gonçalves, Thiago Monteiro e Rayssa Palhares, Valdirene da Silva
Dia 15 de maio, segunda, às 19h30

. Apresentação das pesquisas dos alunos – Com Christian Naigua, Fernando Gonçalves, Karina Kuniyochi e Roberto Freitas, Ilaise Silva Santos, Debora Fransolin, Gilmar Oliveira e Nicolas Gonzales, Gustavo Akira, Jean Winder, Karen Nashiro e Raphaela Olivo, Lucas Oliveira, Matheus Mendonça, Nicolas Castro, Nuria Volpe, Patricia Kostecki e Welyton Renan, Raquel Lima, Samuel Oliveira, Yasmin Ferreira da Silva
Dia 16 de maio, terça, às 19h30

. Apresentação das pesquisas dos alunos
- Espetáculo Brechas – Alice Tibery e João Osmar
- Espetáculo A gente era humano até que… – Com Hector Antonio Marrache
Dia 17 de maio, quarta, às 19h30

. Espetáculo Um pintor e uma tela em branco
Imaginar um mundo diferente significa ver as coisas como realmente são, em sua verdadeira essência, não como aparentam ser. Um espetáculo dedicado à transformação da realidade em metáfora. – Com Débora Fransolin, Edivaldo da Silva, Ivan Soares, Jean Winder, Jonathan Pontes, Matheus Mendonça, Nicolas Castro, Samuel de Oliveira, Valdirene da Silva

Intervalo

. Espetáculo Re-flexus
Um prédio, microcosmo para contar histórias de gênero. O confronto entre os mundos feminino e masculino. Um espelho da sociedade e uma re-flexão sobre os estereótipos que influenciam as relações entre homens e mulheres. Um espetáculo de circo entre duas portas… – Com Dyego Yamaguish, Isabela Mello, Laura Calfuquir, Lucas Oliveira, Núria Volpe, Gustavo Akira, Juan Carlos, Sofia Galliano
Dia 18 de maio, quinta, às 19h30

. Espetáculo Isadora
Num passado distante, em branco e preto, havia quatro mulheres que esperavam há muito tempo. A chegada inesperada de um príncipe azul colore e cria rebuliço no cotidiano das quatro protagonistas. Quem delas conseguirá conquistá-lo? O espetáculo convida a uma reflexão sobre os ideais de beleza. – Com Joana Brant, Letícia Ramos, Rafael Balbinot, Raquel Lima, Sofia Ferrari

Intervalo

. Espetáculo Uma cadeira para nós dois
Duas cadeiras. Duas pessoas sozinhas procuram-se, mas não se encontram. A distância que as separa é uma linha imaginária, sutil como uma corda, é a linha que separa o branco do preto, o dia da noite, é a incomunicabilidade. Um deus, Ex Machina, chega para cortá-la com facas gigantes e fazer com que os dois protagonistas se encontrem na mesma cadeira. – Com Alain Prada, Gladys Reinaldo, Karen Nashiro, Raphaela Olivo
Dia 19 de maio, sexta, às 19h30

. Espetáculo Urban Cats
É noite profunda e a cidade é habitada por bandos de jovens que lutam para ocupar um território, um espaço onde possam se expressar livremente. São os Urban Cats, figuras poéticas que se movem sozinhas por esquinas obscuras, acrobatas da noite. Mas o que acontece quando dois bandos se encontram e arriscam transformar a sua rivalidade em um jogo acrobático? – Com Benjamin Conti, Gabriel Oliveira, Hector Antonio Marrache, João Batista Oliveira, Marcella Collares, Norrana Hadassa, Rafael Lustosa, Rafaela Oliveira

Intervalo

Espetáculo A partida
Há uma estação onde os trens passam sem nunca parar. É a estação de quem quer partir, mas não sabe para onde. Seis personagens, três casais, sete malas e um relógio… que marca sempre o mesmo horário… – Com Gilmar Oliveira, Nicolas Gonzales, Paulo de Oliveira, Raissa Palheta, Sofia Pavon, Thiago Silva
Dia 20 de maio, domingo, às 18h30

. Lançamento do livro Fascínio Circense. Arte e pedagogia na Escola Nacional de Circo.
Autor: Claudio Alberto dos Santos

19h30

Espetáculo Uto
O sonho de um grupo de artistas, que se formaram juntos na escola de circo, transformou-se em realidade: se tornam ricos e famosos. Uma noite se encontraram e estavam a lembrar os velhos tempos. Mas eis que um imprevisto os leva de volta ao passado, fazendo-os refletir sobre os verdadeiros valores da vida. – Com Christian Naigua, Fernando Gonçalves, Juliano de Alvarenga, Karina Mitie Kuniyochi, Patricia Kostecki, Roberto Freitas, Welyton Renan

Intervalo

. Espetáculo Gravidez
A vida se manifesta como uma borboleta tentando sair de seu casulo de seda. Frágil e sensível, a vida deve confrontar-se, porém, com um mundo que quer transformar suas asas em cinzas… sem saber que são as cinzas que a fazem voar. – Com Alexandre Ramos, Alice Tibery, Ilaise Santos, João Osmar, Rodrigo Costa, Yasmin Ferreira

I Bienal da Escola Nacional de Circo
De 13 a 20 de maio, às 19h30

Escola Nacional de Circo
Endereço: Rua Elpídio Boamorte s/nº – Praça da Bandeira
Rio de Janeiro (RJ)
(21) 2504 5320

Mais informações: escolacirco@funarte.gov.br

Acesse aqui a nota de obituário de Luiz Olimecha