#

patrocínio:

Lei de Incentivo à Cultura Petrobras
Brasil Memória das Artes
Conheça o Brasil Memória das Artes

Biografia de Tônia Carrero

Tônia Carrero, 1955.  Fotógrafo não identificado.   Cedoc-Funarte

Tônia Carrero, 1955. Fotógrafo não identificado. Cedoc-Funarte

Mídias deste texto

Imagens (14 imagens)

Áudios (1 áudio)

  • < play >
    00:00 vol
    • Entrevista com Tônia Carrero

Maria Antonieta Portocarrero Thedim nasce em 23 de agosto de 1922, no Rio de Janeiro, em família de militares. Formada em educação física, casa-se com o artista plástico e diretor de cinema Carlos Thiré, e torna-se mãe de Cecil, futuro ator. Em seguida, vai estudar teatro na França com Jean-Louis Barrault. Ao voltar, estreia aos 25 anos no filme Querida Suzana, de Alberto Pieralise, ao lado de Anselmo Duarte, Nicette Bruno e da bailarina Madeleine Rosay. Na fita, sua beleza desperta a atenção do diretor Fernando de Barros que a convida para dois outros filmes: Caminhos do Sul (1949) e Perdida pela Paixão (1950). O cinema é o primeiro palco da estrela.

Em 1949 assiste Paulo Autran no palco, e o convida para sua estreia no teatro em Um Deus Dormiu lá em Casa, de Guilherme Figueiredo, sob direção de Silveira Sampaio. A bem-sucedida montagem e a alquimia entre os dois amigos são o ponto de partida para diversos espetáculos da poderosa dupla. Depois disso, a convite do empresário Franco Zampari, entra para a Cia Cinematográfica Vera Cruz, na qual protagoniza Apassionata (1952), do descobridor Fernando de Barros, Tico-tico no Fubá (1952) de Adolfo Celi, e É Proibido Beijar (1954), de Ugo Lombardi. De volta ao palco, estreia no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC) em 1953, Uma Certa Cabana, de André Russin, com direção de Adolfo Celi.

Separada de Thiré, desenvolve com o diretor e ator italiano Adolfo Celi uma relação profunda não só no campo afetivo, mas também no profissional. Em 1955 o casal mais Paulo Autran formam a Companhia Tônia-Celi-Autran, que estreia, em 1956, Otelo, de Shakespeare, dirigida por Celi. Na década de 60, ingressa na televisão a convite do autor Vicente Sesso para fazer na TV Excelsior Sangue do Meu Sangue, ao lado de Fernanda Montenegro e Francisco Cuoco, com direção de Sergio Britto. Na Globo participa de Pigmaleão 70, O Cafona, O Primeiro Amor, entre muitas produções.

Em 1967 despoja-se da imagem sofisticada e mergulha no universo de Plínio Marcos em A Navalha na Carne. Ao lado de Emiliano Queiroz e Nelson Xavier, e sob a direção de Fauzi Arap, vive a prostituta Neuza Suely. Uma montagem que incomoda a ditadura militar, e torna-se um dos espetáculos mais aplaudidos da temporada, além de divisor de águas em sua carreira.

Atualmente, é a matriarca de uma família de artistas: além do filho, o ator Cecil Thiré, netos e bisnetos propagam a descendência pelo mesmo ofício. Diva e dama, é referência de beleza, inteligência e talento na história do teatro brasileiro.

Saiba mais sobre Tônia Carrero em:

ALMEIDA, Maria Inez Barros de. Panorama Visto do Rio: Companhia Tônia-Celi- Autran. Rio de Janeiro: Inacen, 1987.

Tônia Carrero. Depoimentos IV. Rio de Janeiro: MEC/ Funarte/SNT, 1978.

Assuntos relacionados: , , ,

Sobre o Autor, Christine Junqueira

Pesquisadora teatral e Doutora em Teatro pela UNIRIO. Texto de 2006.

Compartilhe!

Caro usuário, você pode utilizar as ferramentas abaixo para compartilhar o que gostou.

Comentários

1

Deixe seu comentário

* Os campos de nome, e-mail e mensagem são de preenchimento obrigatório.

Ronaldo

enviado em 3 de setembro de 2010

Aprovadíssima iniciativa da FUNARTE. Gostei muito de ver grandes atores e atrizes do Brasil no tempo em que eram muito jovens.

Textos

leia todos os 23 textos deste acervo »

Imagens

veja todas as 351 imagens deste acervo »

Áudios

ouça todos os 26 áudios deste acervo »

  • Entrevistas
    • + info
      • Título: Entrevista Ankito
      • Intérprete(s): Ankito
      • Ano: 2006
      • Faixa: 1/1

     

    Entrevista com Ankito

  • Entrevistas
    • + info
      • Título: Entrevista com Carmen Silva
      • Intérprete(s): Carmen Silva
      • Ano: 2006
      • Faixa: 1/1

     

    Entrevista com Carmen Silva

  • Entrevistas
    • + info
      • Título: Entrevista Louzadinha
      • Intérprete(s): Sérgio Fonta
      • Ano: 2006

     

    Entrevista com Oswaldo Louzada

Vídeos

veja todos os 2 vídeos deste acervo »

  • Dulcina, atriz e teatro

    Dulcina, atriz e teatro

    Videodocumento
  • Maria Pompeu

    Maria Pompeu

    Videodocumento