Vencedores do Prêmio de Arte Contemporânea 2011, na Funarte MG | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página InicialArtes VisuaisTodas as notíciasVencedores do Prêmio de Arte Contemporânea 2011, na Funarte MG

Vencedores do Prêmio de Arte Contemporânea 2011, na Funarte MG

Mostras são abertas ao público no dia 15 de dezembro

Publicado em 12 de dezembro de 2011 Imprimir Aumentar fonte
ponte foto Raquel Kogan
ponte foto Raquel Kogan

A Funarte MG recebe em sua galeria de artes as mostras contempladas com o Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2011 – Estação Funarte de Artes Visuais Belo Horizonte. A abertura acontece no dia 15 de dezembro, às 19 horas. O artista Frederico Câmara apresenta a mostra de fotografias – Visão do Paraíso – Brasil (parte 1) e as artistas Raquel Kogan e Lea van Steen, a videoinstalação Ponte

Em Visão do Paraíso – Brasil (parte 1), Frederico Câmara apresenta os resultados da primeira parte do projeto Visões do Paraíso realizado em 15 cidades dos estados do Acre, Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Trata-se de um estudo sobre a representação da paisagem, “e visa à criação de um atlas mundial dos ambientes artificiais das jaulas de jardim zoológico”, explica o artista. 

Desde 2003, o projeto vem sendo realizado em vários países como a Alemanha, China, Japão, Singapura, Noruega, Reino Unido e Irlanda. Segundo o artista, os  jardins zoológicos foram criados para a apreciação de animais e plantas estranhos à Europa, levados dos territórios coloniais e que eram então considerados exóticos ao conhecimento Europeu. “Eles ocupam uma posição ambígua na sociedade, tanto como um lugar de proteção como o de uma prisão”, completa. “Essa ambigüidade pode ser vista como um reflexo da nossa necessidade de cuidar do meio ambiente em contraste com a nossa inabilidade de recriar no jardim zoológico, ou no mundo selvagem, um meio ambiente tão perfeito como a própria natureza”, continua. 

O resultado desse projeto também estará disponível no site www.fredericocamara.com a partir do dia 15 de dezembro, e será impresso e distribuído gratuitamente ao público na galeria, durante a exposição. 

Já o trabalho das artistas Raquel Kogan e Lea van Steen explora novas técnicas de projeção, imersão e interação. O visitante ao entrar no espaço expositivo ouve sons de passos, risadas, automóveis, pássaros, etc., e vê, somente através do vidro, as imagens projetadas por um fenômeno ótico de reflexão. A impressão que se tem é que as imagens estão realmente do outro lado, fundidas com o espaço/paisagem do fundo. 

A videoinstalação apresenta acontecimentos dos mais diversos e corriqueiros: uma pessoa andando ao longe se aproximando, uma criança correndo, um ciclista passando, etc. Um ir e vir de ações flutuando no espaço externo, construindo assim uma imagem suspensa no ar. 

As imagens são projetadas em uma tela e refletidas no vidro. Este mesmo fenômeno pode, também, ser “provocado” pelo público que, passando por pontos de luz espalhados pela área, pode ver seu próprio reflexo. 

As mostras seguem abertas ao público até o dia 13 de janeiro de 2012, das 10h às 18h. A Funarte MG fica na Rua Januária, 68 – Floresta – Belo Horizonte, MG

Este projeto foi contemplado pela Funarte no Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2011-Estação Funarte de Artes Visuais Belo Horizonte.

Frederico Câmara
www.fredericocamara.com 

Frederico Câmara nasceu em 1971, em Governador Valadares, Minas Gerais. Em 1993, o artista se graduou em Belas Artes pela Escola de Belas Artes / UFMG, Belo Horizonte, e, em 2004, obteve seu Mestrado em Belas Artes pela Chelsea College of Art and Design, University of Arts London.

Raquel Kogan
www.raquelkogan.com  

Raquel Kogan é formada em arquitetura, com pesquisa em diversas mídias. Foi vencedora do Prêmio Rumos Transmídia, em 2002, com a instalação reflexão#1, quando iniciou uma série de obras interativas, agenciamento de espaço nas mídias digitais. Ganhou o Prêmio Rumos Cibernética e a menção honrosa do File 2010 Prixlux com Reler. 

Lea van Steen
www.leavansteen.com 

Começou seu trabalho em filmes independentes, tendo participado do desenvolvimento do Cinema Paulista no final dos anos 80. Trabalhou como assistente de produção, cenografia, assistente de edição, assistente de direção e diretora de arte. Em 1990, criou a identidade visual da MTV/Brasil. Fez centenas de filmes publicitários. Pesquisa novas linguagens, usando o vídeo, a vídeoinstalação como suporte. 

“A dupla Raquel Kogan e Lea van Steen transita pelos diferentes formatos do audiovisual contemporâneo, entre instalações, obras interativas e vídeos para telas pequenas. Uma característica recorrente em seus trabalhos é a relação entre vídeo e ambiente. Criando espaços em que  reflexos, multiplicações ou supressões reconfiguram o registro com que as imagens ali apresentadas são percebidas, as artistas exploram aspectos das poéticas contemporâneas cuja engenhosidade não depende de um uso ostensivo das novidades tecnológicas mais recentes, mas sim de dispositivos que sugerem outras formas de olhar. Um exemplo é Ponte que projeta reflexos de vídeos em loop sobre um espaço escuro, gerando sobreposições entre suas narrativas mínimas, cotidianas, e  a arquitetura do lugar onde a obra é exposta.”  Marcus Bastos 

Serviço:  
Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2011 – Estação Funarte de Artes Visuais Belo Horizonte
Visão do Paraíso – Brasil (parte 1) – de Frederico Câmara
Ponte – de Raquel Kogan e Lea van Steen 

Abertura: 15 de dezembro
Horário: 19 horas
Período de Visitação: até 13 de janeiro de 2012
Horário: das 10h às 18h
Local: Funarte MG – Rua Januária, 68 – Floresta – Belo Horizonte, MG.
Contatos:
Frederico: (33)32722987
Raquel: (11)3078-2623 / (11)9135-4194  

Mais informações: (31) 3213.7112