Paradas de ônibus viram bibliotecas no RS | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página Inicial › Funarte › Todas as notíciasParadas de ônibus viram bibliotecas no RS

Paradas de ônibus viram bibliotecas no RS

Estantes nas ruas fazem parte de projeto contemplado com bolsa da Funarte

Relacionado a: Artes Visuais, Literatura
Publicado em 18 de fevereiro de 2011 Imprimir Aumentar fonte
Estante do bairro de Ijuí
Estante do bairro de Ijuí

Os moradores de Porto Alegre têm-se surpreendido ao encontrar várias paradas de ônibus transformadas em pequenas bibliotecas a céu aberto. É o Projeto Estante Pública, contemplado com a Bolsa Funarte de Estímulo à Criação Artística em Artes Visuais. O trabalho recuperou os quadros metálicos laterais das paradas, antes usados para publicidade. Desativados nos últimos anos, os painéis foram convertidos em estantes com livros. A ação começou em dezembro de 2010 e atinge cinco regiões da cidade.

Após dois meses de implantação, o projeto é um sucesso. Os livros têm sido trocados diariamente, o que está além das expectativas da Nômade Ind., realizadora do projeto. Segundo o grupo, houve inclusive pedidos de instruções sobre colocação de novas estantes em outros bairros. As pessoas têm liberdade para desfrutar das obras, sem regras de uso. A única diretriz é preservar os livros e respeitar o próximo leitor. Também não há um coordenador das estantes – elas pertencem a toda a comunidade.

Segundo Daniel Müller Caminha, integrante da Nômade, o objetivo é provocar um exercício de autogestão, no qual cada um se sinta responsável, em uma experiência de aprendizagem ética. “O foco do trabalho é transformar os equipamentos urbanos em espaços de relacionamento. A ideia é que a criatividade apareça em locais não utilizados e inesperados e que as instalações motivem o contato com os textos e se integrem à vida dos bairros”, esclarece o Daniel.

Com a iniciativa, os realizadores propõem um novo conceito cultural, batizado de “transvenção”, criado para atualizar a ideia de “intervenção”. Esta sugeriria confronto e choque, enquanto que a nova proposta, ao contrário, teria como base a colaboração. O grupo quer promover o debate sobre a presença das estantes no espaço público, através do documentário “Transvenção.doc” e da interatividade, em seu site e no Twitter.

Estante Pública
Realização: Nômade Ind. – núcleo de pesquisa em inovação social do Grupo Nômade
Contemplado com o Prêmio Funarte de Estímulo a Criação e Crítica em Artes Visuais 2010
Mais informações e interatividade: www.estantepublica.com.br
Twitter: @estante_pública
E-mail: contato@estudionomade.com.br
Telefone: (51) 4101-1960
Site do Grupo Nômade: www.estudionomade.com.br