Funarte São Paulo recebe individual de Fernando Lindote | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página InicialArtes VisuaisTodas as notíciasFunarte São Paulo recebe individual de Fernando Lindote

Funarte São Paulo recebe individual de Fernando Lindote

Mostra contemplada com o Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2013 está aberta ao público até 14 de abril

Publicado em 17 de março de 2014 Imprimir Aumentar fonte
Lindote1
Exposição premiada pela Funarte traz HQs em imagens e esculturas que o público desmonta e faz circular. Foto: Fernando Lindote

Até 14 de abril de 2014, a exposição D.C.I. (Dispositivo de Circulação de Imagem), do artista visual Fernando Lindote, está aberta à visitação pública na Galeria Flávio de Carvalho do Complexo Cultural Funarte Sâo Paulo.

Contemplada com o Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2013, a exposição reúne seis telas e cinco esculturas formadas por pilhas de revistas de história em quadrinhos (HQs), que o público pode retirar e levar para casa. As pinturas do artista remetem a desenhos impressos em páginas das HQs selecionadas para a exposição. Algumas imagens abordam a formação da identidade nacional e a realidade política dos últimos cinquenta anos, enquanto outras remetem ao campo de proliferação de imagens dos meios de comunicação atuais.

Segundo Lindote, “na medida em que se pode pensar a escultura como um volume que se faz ver através da observação de sua tridimensionalidade, as pilhas de HQs respondem de modo afirmativo a essa noção. Porém, o que esses volumes propõem à visão não se esgota na observação do volume. A partir da retirada de cada revista, o visitante terá acesso a outras imagens contidas nessa espécie de interior da escultura. Em termos de circulação, a escultura usualmente circula através do deslocamento em bloco de espaço a espaço. Já os volumes destes trabalhos circulam a partir da diminuição de seu volume decorrente da retirada dos exemplares de HQ, realizada pelo público. Estas esculturas passam a circular a partir de seu paulatino desmanche.“.

Fernando Lindote avisa, ainda, que, para reforçar o aspecto de circulação proposto pela mostra, o visitante poderá retirar um exemplar de HQ na banca do “Seu Zé Carlos”, na rua das Palmeiras (próxima à Funarte SP), proveniente de uma sexta escultura que participa da mostra apenas como suposição.

Sobre Fernando Lindote: Fernando Lindote transita em várias linguagens: pintura, escultura, vídeo, instalação e desenho. Participou das exposições 29º Bienal Internacional de São Paulo/2010, Clube da Gravura do MAM São Paulo/2009, Futuro do Presente no Instituto Itaú Cultural/2007, Dez + um – Arte Recente Brasileira, Instituto Tomie Ohtake/2006, 5º Bienal do Mercosul/2005, Panorama de Arte Brasileira no MAM São Paulo/2005 e 1997. Foi bolsista da Fundação Vitae em 2001. Recebeu o Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça FUNARTE. Realizou as individuais O Soberano Discreto na Central Galeria/2013, 1971 – a cisão da superfície no CCBB Rio/2012, Desenhos Antelo na Galeria Nara Roesler/2008, 3D3M no Centro Universitário Maria Antonia/2008, Experiências com o Corpo no Instituto Tomie Ohtake/2002, Muito Perto no Museu Victor Meirelles/2002, EDAX, XII Mostra da Gravura no Museu da Gravura, Curitiba/200, Teatro Privado no MAM Rio de Janeiro/1999 e Olho de Mosca no MASC/1999, entre outras.

Exposição: D.C.I. (Dispositivo de Circulação de Imagem)
Com: Fernando Lindote
De 16 de março a 14 de abril | De segunda a quinta, das 10h às 18h; de sexta a domingo, das 15h às 21h
Gratuita

Prêmio Funarte de Arte Contemporânea 2013
Sala Flávio de Carvalho – Alameda Nothmann, 1058, Campos Elíseos, São Paulo, SP

Fonte: Fernando Lindote