Funarte publica dicionário de fotografia de Pedro Karp Vasquez | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página InicialArtes VisuaisTodas as notíciasFunarte publica dicionário de fotografia de Pedro Karp Vasquez

Funarte publica dicionário de fotografia de Pedro Karp Vasquez

Inédito, o 'Dicionário Técnico da Fotografia Clássica', que ficará disponível no portal da entidade, é presente do autor pelos 30 anos do Centro de Conservação e Preservação Fotográfica da Fundação – comemorados em 2017

Publicado em 26 de dezembro de 2018 Imprimir Aumentar fonte
Pedro Karp Vasquez. Foto Paula Sampaio. Arte Programacao Visual Funarte
Pedro Karp Vasquez. Foto Paula Sampaio. Arte Programacao Visual Funarte

A Fundação Nacional de Artes – Funarte publica em seu portal, no dia 26 de dezembro de 2018, quarta-feira, a edição online do Dicionário Técnico da Fotografia Clássica, do renomado fotógrafo, pesquisador, crítico de fotografia, curador e professor Pedro Karp Vasquez. Acesse a obra no link abaixo.

Inédita, o livro registra o universo da fotografia tradicional, hoje também chamada de pré-digital. Com mais de mil verbetes, o volume cataloga câmeras e seus aparatos, instrumentos ópticos, produtos e recursos – itens utilizados nos processos fotográficos, desde a captura da imagem até seu processamento. O trabalho relaciona desde os primeiros métodos do século XIX, até os tradicionais recursos para fotos de base química e suporte de papel, ou película.

Mestre em Ciência da Arte, o autor foi, nos anos 1980, um dos responsáveis pela criação e diretor do Instituto Nacional de Fotografia (Infoto) – Funarte, que antecedeu o atual Centro de Conservação e Preservação Fotográfica da Fundação. Pelo seu 30º aniversário, comemorado em 2017, este setor foi presenteado por Vasquez com o Dicionário – a mais recente de suas 27 obras. A edição é realizada em parceria entre o Centro, a Gerência de Edições da Funarte e o Portal da entidade.

Preservação de conhecimentos e conceitos tecnológicos

A Coordenadora do CCPF – setor integrante do Centro de Artes Visuais da Funarte –, Sandra Baruki, constata que o o Dicionário perpetua o conhecimento das técnicas, meios e ferramentas da fotografia, detalhando os produtos e etapas de laboratório, assim como a estrutura dos materiais. “Não se resguarda na obra somente o conhecimento sobre o original fotográfico – que constitui a maioria dos atuais arquivos e coleções –, mas também as técnicas de fotografia, nos vários períodos de sua história. Assim, preserva-se a tecnologia em seus conceitos (o que poderá, no futuro, não estar acessível aos mais jovens). Portanto, ao lançar o livro, a Funarte contribui para estimular estudos e criações artísticas nessa forma de expressão”, considera a especialista.

A dirigente do CCPF acrescenta que o conteúdo da obra é de grande interesse, como material didático e fonte de pesquisa e de criação; especialmente para estudiosos, conservadores, fotógrafos, museólogos e críticos de arte; para outros multiplicadores da linguagem fotográfica; mas também para o público em geral. Baruki ainda elogia “a excelência da pesquisa e o trabalho incansável” de Vasquez. O autor levou mais de trinta anos para concretizar a publicação. Ele comenta: isso ocorreu porque o volume foi fruto de um esforço individual e espontâneo. “É o primeiro dicionário do gênero produzido por um brasileiro. Chega justamente em um momento de transição entre a fotografia clássica e as novas tecnologias de base digital, que a estão substituindo de forma gradativa”, observa o pesquisador. Ele espera que os verbetes contribuam muito para a correta identificação dos processos fotográficos predominantes nos séculos XIX e XX, facilitando os trabalhos dos interessados nas artes visuais como um todo.

O CCPF – Funarte: difusão de informações e qualificação de profissionais

Sandra Baruki destaca que o Dicionário Técnico da Fotografia Clássica foi uma “gentil oferta” do estudioso, oportuna e proveitosa, porque, segundo a coordenadora, “Nada melhor do que comemorar a trajetória institucional de referência de três décadas do Centro presenteando o público com essa obra exemplar, de grande valia para o estudo da história da fotografia no Brasil”. A especialista ressalta que a obra colabora com uma das funções do CCPF: contribuir para a difusão de conhecimento e qualificação de novos profissionais. “A tarefa tem sido cumprida com sucesso nos últimos 30 anos, em cursos, seminários, oficinas e publicações do Centro. Essa política institucional formou uma primeira geração de conservadores de fotografia no país; e continua a despertar o interesse de novos entusiastas. Nossos sinceros agradecimentos ao autor por essa dádiva!”, completa.

Sobre Pedro Karp Vasquez

Carioca, Pedro Afonso Fernandes Vasquez nasceu em 1954. É reconhecido como fotógrafo, pesquisador, crítico de arte e gestor cultural, entre outros ofícios, como o de jornalista, cineasta – graduado em Cinema pela Sorbonne (Paris – França), em 1978 – e poeta. Sua primeira mostra individual foi realizada em 1973. Expôs no Brasil, na Alemanha e na França – país que recebeu, em Paris, individuais suas em 1976, em Île de France, e no ano seguinte, na Galeria Malombra – entre outras exibições coletivas. Nos anos 80, “destacou-se como administrador cultural e incentivador da fotografia no cenário artístico brasileiro” (registra a Enciclopédia Itaú Cultural)*. Foi um dos criadores do Infoto – Funarte, em 1982 e o dirigiu, até 86. A seguir, foi curador do Departamento de Fotografia, Vídeo e Novas Tecnologias do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM/RJ), até 89. Entre 1980 e 1990, foi editor de fotografia das revistas Photo Camera e Best View, e do jornal O Dia.

Começou, em 85, a dedicar-se também a pesquisas – sobretudo em história da fotografia no Brasil e sobre o uso da arte como instrumento de transformação pessoal. Concluiu mestrado em Ciência da Arte na Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói (RJ), em 1999. Lecionou fotografia na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ), na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e no curso de pós-graduação da Universidade da Cidade, também na Capital Fluminense. Recebeu o Prêmio Nacional de Fotografia da Funarte, em 1996, e a Bolsa Vitae de Fotografia, em 1998. É membro do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB). Entre seus livros estão: Fotografia: Reflexos & Reflexões (1987), Mestres da Fotografia no Brasil (1995), e Fotógrafos Alemães no Brasil do Século XIX (2000).

Dicionário Técnico da Fotografia Clássica
Obra inédita de Pedro Karp Vasquez
Versão digital online

Edição Funarte, em parceria com o Centro de Conservação e Preservação Fotográfica – CCPF – Centro de Artes Visuais – Funarte
e com o Portal Funarte.

Acesse o Dicionário Técnico da Fotografia Clássica aqui

Mais informações para o público: ccpf@funarte.gov.br
(21)  2279 8599 / 2279 8452

* Enciclopédia Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras – acesso em 19/12/2018