Livro “Martins e Caetano”, de Ivan Fernandes, será lançado no Rio de Janeiro | Funarte – Portal das Artes
Você está em: Página InicialArtes IntegradasTodas as notíciasLivro “Martins e Caetano”, de Ivan Fernandes, será lançado no Rio de Janeiro

Livro “Martins e Caetano”, de Ivan Fernandes, será lançado no Rio de Janeiro

As origens do teatro brasileiro – especialmente a comédia – inspiram a obra, editada pela Funarte

Publicado em 10 de dezembro de 2012 Imprimir Aumentar fonte
Martins e Caetano – Capa
Martins e Caetano - Capa

O escritor e ator Ivan Fernandes lança, no dia 14 de dezembro, às 19h, o livro Martins e Caetano – Quando o teatro começou a ser brasileiro, na Livraria Largo das Letras, em Santa Teresa, no Rio de Janeiro. A obra reconta as origens do teatro no Brasil, mais especificamente da comédia, reconstituindo, por meio da ficção histórica, a montagem do primeiro espetáculo deste gênero,“O Juiz de Paz da Roça”, de Martins Pena – escrito e encenado por brasileiros em 1838. Premiado pela Funarte, por meio da Bolsa de Criação Literária 2010, o livro mostra, em forma de crônica, os primeiros passos e as dificuldades dos pioneiros da cena teatral – na época, à margem de qualquer reconhecimento.

Em Martins e Caetano, Ivan Fernandes relata o início da carreira do jovem dramaturgo Martins Pena (1815-1848), que teve sua primeira peça “O Juiz de Paz da Roça” encenada no antigo Teatro São Pedro pela Companhia Nacional João Caetano, do ator e encenador João Caetano. Importante ícone da época em que se buscava produzir e tornar reconhecido um teatro com temas e sotaques bem brasileiros, ele também é retratado na obra. A publicação, editada pela Fundação Nacional de Artes, tem 300 páginas e também pode ser encontrada na Livraria Mário de Andrade localizada no Palácio Gustavo Capanema, Centro do Rio.

Sobre o autor

Ivan Fernandes é ator (Unirio) e escritor. Leciona dramaturgia na Universidade Federal de São João Del Rey. Ganhou o Prêmio de Melhor Ator do Festival Carioca de Novos Talentos, em 1996. Como autor, estreou em 2003 com o espetáculo Manual de sobrevivência para as grandes cidades. Participou do projeto Nova Dramaturgia Carioca, com a comédia Trem-Fantasma, encenada pelo diretor Mario Hermeto. Sua peça Jumping Jack Flash foi traduzida para o alemão pelo renomado diretor Volker Quandt. Atualmente, escreve para o Clube da Cena e é membro do grupo Cia. Teatro do Nada. Seu texto mais recente é Leonardo — o pequeno gênio da Vinci.

Sobre a Bolsa Funarte de Criação Literária

Martins e Caetano – Quando o teatro começou a ser brasileiro foi um dos projetos contemplados pela Bolsa Funarte de Criação Literária 2010, concedida a 60 autores de todo o país para viabilizar o desenvolvimento de suas carreiras literárias. Entre os projetos contemplados com a bolsa, quatro foram publicados pela Funarte, na Coleção Criação Literária.

Serviço:

Martins e Caetano – Quando o teatro começou a ser brasileiro, de Ivan Fernandes
Editora Funarte
Noite de autógrafos: Sexta-feira, 14 de dezembro, às 19h
Local: Livraria Largo das Letras
Almirante Alexandrino, 501 – Santa Teresa – Rio de Janeiro (RJ)
Tel.: (21) 2221-8992