Início do conteúdo
Notícias Funarte e Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro idealizam agenda artística

Funarte Notícias

Publicado em 6 de dezembro de 2019

Funarte e Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro idealizam agenda artística

O presidente da Fundação e o secretário especial de turismo dialogaram sobre uma futura programação comemorativa do título Capital Mundial da Arquitetura em 2020, concedido à cidade

Funarte e Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro idealizam agenda artística

No dia 5 de dezembro, data seguinte à sua posse como presidente da Fundação Nacional de Artes – Funarte, o maestro, ensaísta e linguista Dante Mantovani recebeu, na sede da instituição, o secretário Especial de turismo do Rio de Janeiro, Paulo Jobim. Eles iniciaram um diálogo sobre futuros projetos da Funarte em parceria com a Prefeitura.

Na reunião, o presidente e o secretário conversaram sobre a participação da Funarte na agenda cultural do projeto Rio 2020 – planejada para marcar o título inédito da Cidade do Rio de Janeiro como Capital Mundial da Arquitetura. A honraria foi concedida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e pela União Internacional dos Arquitetos (UIA).

Além da agenda, a Funarte e a Setur debateram a possível criação do Selo Cultural para pontos turísticos do Município; e o valor da atividade artística para a economia criativa. O presidente da Funarte destacou, ainda, o trabalho conjunto a ser desenvolvido entre a Funarte, a Secretaria Especial de Turismo do Rio de Janeiro, a Secretaria Especial de Cultura do Governo Federal, a Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro e o Ministério do Turismo para dinamizar a economia das artes – fortalecendo, assim, como um todo, a atividade econômica do País.

A programação

Como marco da titulação de Capital Mundial da Arquitetura, a cidade vai sediar uma variada programação ao longo de todo o ano de 2020, ligada à valorização do patrimônio arquitetônico e cultural da cidade. Além do 27º Congresso Mundial de Arquitetos e do Fórum Mundial de Cidades, o comitê organizador – formado pela União Internacional dos Arquitetos, a Prefeitura do Rio e o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) – prevê uma série de outras ações, que deverão preencher o calendário entre as comemorações de Ano Novo de 2020 e 2021. Já estão planejadas atrações diversas, como exposições, desfile de escola de samba, concursos, palestras e debates.

A partir da reunião, com a Setur, a Funarte planeja incluir na agenda atividades nas áreas de circo, artes visuais, música, dança e teatro (linguagens alcançadas pela entidade), movimentando principalmente seus espaços culturais.

Principal evento do programa em 2020, o Congresso Mundial de Arquitetura existe desde a década de 30. Foi em sua última edição que o título de Capital Mundial da Arquitetura foi designado à Cidade Maravilhosa. “Além de mostrar para o mundo a riqueza arquitetônica do Rio, essa titulação é também uma oportunidade de reflexão sobre o futuro, de planejar o que se quer para as cidades de todo o mundo”, acrescenta o comitê organizador.

O projeto Rio Capital Mundial da Arquitetura (Rio 2020) será lançado na próxima comemoração de Ano Novo da Praia de Copacabana.