Você está em: Acesso à InformaçãoCemus – Bienais de Música Brasileira Contemporânea

Acesso à informação

Cemus – Bienais de Música Brasileira Contemporânea

O que é
Série de 10 a 12 concertos, realizada nos anos ímpares, começada em 1975, assumida pela Funarte em1981. Apresenta obras de compositores brasileiros para conjuntos variados e sem limitações de estilos. Até a XVIII Bienal, as obras propostas  eram escolhidas por Comissão de Seleção. A partir da XIX Bienal, foram apresentadas, em estréia mundial, obras selecionadas em concurso e obras encomendadas a compositores mediante critérios objetivos; todas essas obras foram pagas de acordo com diferentes categorias . Os mesmos princípios valerão para a Bienal de 2013. As gravações dos concertos são depositadas no CEDOC/Funarte. As 19 Bienais já realizadas constituem o mais importante evento de música clássica brasileira, no gênero; os concursos e encomendas de obras constituem importante incentivo à criação musical, sem paralelo no Brasil.

Principais ações
Nos anos pares, concurso de composição, com prêmios em dinheiro de acordo com diferentes categorias de obras;
Nos anos pares, encomenda de obras a compositores, mediante critério objetivo, com pagamentos de acordo com diferentes categorias de obras;
Nos anos ímpares, realização de série de 10 a 12 concertos, no Rio de Janeiro para apresentar ao público as obras concursadas e encomendadas;
Seleção dos intérpretes e conjuntos que apresentarão as obras ao público;
Gravação sonora das obras, para entrega das cópias aos compositores, conservação no Centro de Documentação da Funarte e difusão via Portal das Artes

Metas do programa
Estimulo à criação musical e à sua divulgação;
Valorização do trabalho intelectual requerido pela composição e pela interpretação de obras musicais, mediante pagamento a compositores e intérpretes;
Contribuição à constituição de acervo de música brasileira gravada.

Como participar
Os compositores participam, ou se inscrevendo no concurso, de acordo com Edital, ou sendo convidados pela Funarte para compor obra, a partir de critério objetivo pré-definido;
Os intérpretes são indicados pelos compositores, ou escolhidos pela organização da Bienal;
O público assistirá aos concertos caso tenha interesse por ele; a divulgação pode ser fundamental para suscitar esse interesse.

Editais
Edital 2012

Mais informações
Coordenação de Música Erudita

Perguntas Frequentes
Para acessá-las, clique aqui.